Os Espíritos – The Frighteners

Nunca fui nerd o suficiente para conhecer filmes pelo diretor. Salvo alguns mais conhecidos, que todo mundo conhece. Mas algo que nunca tinha feito foi procurar filmes pelo diretor. Geralmente costumo fazer isso através de atores e atrizes que eu gosto e que julgo serem uma aposta certa. Depois de ver tantas referências à diretores pela galera mais cinéfila, resolvi testar a experiência. Fui em busca de filmes antigos de diretores renomados. Nesta lista apareceu Peter Jackson com seu ‘Os Espíritos’ (The Frighteners), de 1996.

O interessante do dvd é que antecedendo o filme, Peter Jackson faz uma apresentação do longa que considera ser a sua primeira grande produção, com Michael J. Fox protagonizando o filme, no auge da carreira. Mas o interessante da apresentação de Peter Jackson sobre o filme, então no seu relançamento em formato DVD, em 2006, já consagrado como diretor após a trilogia de ‘O Senhor dos Anéis’, foi o fato de ele revelar que este filme possibilitou a criação e viabilização da adaptação dos livros de Tolkien. Ele conta que seu estúdio ainda na Nova Zelândia, tinha apenas um único computador. Para a produção de ‘Os Espíritos’, eles precisaram aumentar a estrutura para 37 computadores. E preocupado com o que fazer com tanta tecnologia extremamente cara, justamente trabalhando no início das aplicações de efeitos visuais por CGI, começou a negociar a adaptação de ‘O Senhor dos Anéis’. Seus filmes até hoje já arrecadaram 22 estatuetas do Oscar. Sendo indicado 36 vezes. Número que deve aumentar consideravelmente com o lançamento de O Hobbit.

‘Os Espíritos’ precisa ser visto com as limitações da época. Muito provavelmente, se você tiver menos de 20 anos, vai achar péssimo e não chegará ao fim. Para quem consegue imaginar a dificuldade de se produzir isso em 1996, vale a experiência.

Sinopse

Frank Bennister era um arquiteto talentoso e com futuro promissor. Porém sua esposa morre em um acidente de carro, onde Frank passa a ver espíritos. Deprimido e se culpando pela morte da esposa, ele abandona sua carreira e passa a viver como um médium capaz de limpar casas de maus espíritos. Na verdade alguns dos espíritos que Jack consegue ver, o ajudam neste truque, indo até algumas casas, fazendo uma assombração básica, onde ele obviamente é chamado para resolver. Porém Frank acaba se confrontando com um fantasma do seu passado, literalmente. Responsável por mortes misteriosas que acometem sua cidade.

Ficha Técnica

Título Original … The Frighteners
Origem … USA / Nova Zelândia
Gênero … Comédia / Terror
Duração .. 110 min
Lançamento … 1996
Direção … Peter Jackson
Roteiro … Fran Walsh e Peter Jackson

Detalhe: Walsh é esposa de Jackson. Casaram-se em 1987, onde começaram não só a parceria conjugal mas profissional. Walsh é co-roteirista de praticamente todos os filmes de Jackson.

Elenco

Frank Bannister como Michael J. Fox
Dr. Lucy Lynskey como Trini Alvarado
Ray Lynskey como Peter Dobson
O Juiz como John Astin
Milton Dammers como Jeffrey Combs
Patricia Ann Bradley como Dee Wallace-Stone
Johnny Charles Bartlett como Jake Busey
Cyrus como Chi McBride
Stuart – Assistente Fantasma de Bannister como Jim Fyfe

11-11-11

A emblemática data não poderia passar em branco para o mundo da sétima arte. Muito menos caindo em uma sexta-feira, dia oficial para estreia nos cinemas. 11-11-11 chega aos cinemas nacionais sob a direção de Barren Lynn Bousman, diretor de Jogos Mortais II, III e IV.

Sinopse

Após a trágica morte de sua esposa e filho (sempre assim), o famoso autor norte-americano Joseph Crone viaja dos Estados Unidos para Barcelona, Espanha para se reunir com seu alienado irmão Samuel e seu pai Richard, que está no leito de morte. No entanto, o destino tem um plano diferente para Joseph, atormentando-o com acontecimentos estranhos e aparições constantes do número 11. A curiosidade rapidamente se transforma em obsessão e Joseph logo percebe que esse número tem um significado terrível não apenas para ele, mas possivelmente a todos da religião.

Isolado em um país estrangeiro, somente com apoio de sua companheira, Sadie, Joseph logo percebe que 11/11/11 é mais do que apenas uma data, é um aviso!

Preconceito

Com chances de errar, o filme tem tudo para ser ruim. A sinopse sinceramente não ajuda muito, bastante cliché. O diretor é jovem, apenas 32 anos e seu currículo é completamente voltado para filmes de terror. Para quem curte o gênero talvez seja interessante. Provavelmente não vou assistir esse filme no cinema, então quem for e quiser deixar um comentário sobre o que achou, agradeço.

Cast

Timothy Gibb, Michael Landes , Wendy Glenn, Brendan Price

Pânico 4

Eu fui assistir Pânico 2 no cinema, com uma amiga, mas sinceramente eu nem lembro que amiga que foi. A galera veio preparada, máscara do Ghostface e tudo mais. Era 1998, faz tempo. O pior de tudo é que eu nem conhecia muito bem a história, não havia assistido o primeiro filme e a cada cena de terror, um grupo gigante que ocupava praticamente metade da sala do cinema, gritava um áááááááááá forçado, seguido de um monte de gargalhada. De terror enfim o filme não teve nada, talvez por isso, até hoje não consigo levar esse filme a sério. Para mim, Pânico e Todo Mundo em Pânico (versão comédia) é tudo a mesma coisa.

Pânico (Scream), por mais incrível que pareça, foi lançado há 15 anos (1996). Tem muita gente que vai ler este post e que talvez nem era nascido nessa época, eu já tinha 14 anos. Em 1997 chegava aos cinemas americanos Pânico 2 (Scream 2), que chegou ao Brasil somente um ano depois, pois a distribuidora que havia comprado o filme, faliu. Em 2000 encerrava a trilogia com Pânico 3 (Scream 3). Apesar de Pânico ter sido criado originalmente como trilogia, os rumores de um quarto filme duraram anos até que, em 2008, foi oficializada sua criação.

Um dos pontos bacanas dos quatro filmes, foi manter a triade de protagonistas com Neve Campbell (Sidney Prescott), David Arquette (Dewey Riley) e Courteney Cox Arquette (Gale Weathers). Se pensarmos que entre o primeiro filme e o último passaram 15 anos, é uma conquista.

Os roteiros dos filmes na minha opinião são bem sem graça e Neve Campbell não convence em nenhum dos filmes. Talvez a única coisa interessante do filme é a máscara do Ghostface, o que se for pensar, é o mesmo que acontece com Jason (Sexta-Feira 13) e Michael Myers (Halloween). Aliás, se você esperar um bom roteiro em filme de terror é o mesmo que esperar um bom roteiro para um filme pornô.

O trailer traz uma ‘brincadeira’ legal com o número 4 do filme e o mês 4 (abril mês de estréia). No resto parece mais do mesmo, aquela história cliché de uma galerinha que tira onda de um antigo assassino, que ninguém acredita ter existido de fato ou que acreditam que ele nunca mais voltará. Vamos combinar, depois do Jason ter voltado na segunda vez, deveriam saber que 3, 4, 5, 6,7,8x… também seria possível. Com Ghostface não é diferente, afinal é sua quarta volta.

Uma curiosidade interessante. O nome original do filme, seria Scary Movie, mas foi mudado para Scream. Foi justamente por isso que a versão bem humorada do filme, se chama Scary Movie. E diga-se de passagem que a versão 4 de comédia, já foi lançado em 2006. O filme já estreou em todos os cinemas no últimos dia 15, sexta-feira, como é de praxe.

Ficha Técnica

título original … Scream 4
gênero … Terror
duração … 111 min
ano de lançamento … 2011
site oficial … www.scream-4.com
estúdio:

  • Dimension Films
  • Midnight Entertainment
  • Outerbanks Entertainment

distribuidora:

  • Dimension Films (EUA)
  • Imagem Filmes (Brasil)

direção … Wes Craven
roteiro … Kevin Williamson
produção:

  • Wes Craven
  • Kevin Williamson
  • Iya Labunka

música … Marco Beltrami
fotografia … Peter Deming
direção de arte … Gerald Sullivan
figurino … Debra McGuire
edição … Peter McNulty
efeitos especiais … Prime Focus / Rez-Illusion

Elenco

Courteney Cox (Gale Weathers-Riley)
Neve Campbell (Sidney Prescott)
David Arquette (Xerife ‘Dewey’ Riley)
Hayden Panettiere (Kirby Reed)
Emma Roberts (Jill Kessler)
Aimee Teegarden (Jenny Randall)
Anna Paquin (Rachel)
Kristen Bell (Chloe)
Anthony Anderson (Policial Perkins)
Heather Graham (Casey em cena do filme)

Poster

Sempre digo aqui que um filme bom começa por um bom poster, parece que neste quesito, Pânico 4 já está deixando a desejar. Muito sem graça.

Mudanças

Vendo o trailer 1 e depois o trailer 2, percebe-se uma mudança muito grande na qualidade do que foi produzido. O segundo trailer oficial do filme, passa uma idéia muito mais empolgante que o primeiro. Inclusive até o logo do filme teve mudanças.

Deixe-me entrar – Le Me In

Quando falei aqui de Chloe Moretz era uma promessa de Hollywood, mal sabia que ela já tinha se tornado protagonista de um filme ainda inédito no Brasil. Intitulado como ‘Deixe-me entrar’ (Let Me In).

Sinopse

Owen (Kodi Smit-McPhee) é um garoto solitário, que vive com a mãe e é sempre provocado pelos valentões da escola. Um dia ele conhece, perto de sua casa, Abby (Chloe Moretz). Sempre nas sombras, ela aos poucos de aproxima de Owen e logo se tornam amigos. Só que Abby possui um segredo: ela é muito mais velha que sua aparência indica e necessita de sangue para sobreviver. Para consegui-lo, seu pai (Richard Jenkins) realiza assassinatos na surdina, de forma a retirar o sangue das vítimas e levá-lo para Abby.

Déjà vu?

Essa história não me é estranha. Eu sei que o filme é uma refilmagem, mas o original sueco ‘Deixa Ela Entrar’ só foi exibido em festivais de cinema no Brasil. Mas esta  história de pais e filhos, cumplices de crimes sempre rende bons trailers. O diretor do suspense é o excelente Matt Reeves, que fez em 2008, Cloverfield – Monstro. Um filme com Chloe Moretz e o excelente ator Richard Jenkins, não pode ser ruim. Desta vez, quem ficou criticando Crepúsculo, vai ver uma versão bem mais próxima da imagem que conhecemos de um vampiro.

O lançamento aqui no sul está previsto para dia 28 de janeiro nas Redes GNC Cinemas. Na programação do cinema, ao invés de Suspense o filme está classificado como Terror. Filmes de terror ou suspense com crianças, é sempre macabro, não curto muito a idéia, mas este vou ver.

Pessoal, não sei se vocês gostam de muitas informações do filme, mas vou diminuir os ítens da ficha técnica, caso você queira se aprofundar nas informações, tem sites especializados somente nisso.

Ficha Técnica

título original … Let Me In
gênero … Suspense
duração … 1h56m
ano de lançamento … 2010 (USA)
site oficial … www.letmein-movie.com
estúdio …
Overture Films
Hammer Film Productions
EFTI
distribuidora … Paramount Pictures
direção … Matt Reeves
roteiro … Matt Reeves e John Ajvide Lindqvist
Baseado em história de John Ajvide Lindqvist
música … Michael Giacchino
fotografia .. Greig Fraser
direção de arte … Guy Barnes

Elenco

Chloe Moretz … Abby
Richard Jenkins … Pai de Abby
Kodi Smit-McPhee … Owen

pS. Destaque para a belíssima arte do poster. Vende bem o filme.

Trailer