De aquel amor de música ligera – Soda Stereo

Você certamente já ouviu a música ‘A Sua Maneira’ do Capital Inicial, estou certo?!. Porém poucas pessoas sabem que esta música está longe de ser um sucesso criado pela banda brasileira. Na realidade a música é um megasucesso da banda argentina SODA STEREO. O que torna a versão do Capital um tanto sem graça, foi o fato de tirarem da canção a expressão ‘De Musica Ligera’ , que inclusive é título da versão original. Musica Lijeira em espanhol é uma gíria para ‘amor passageiro’, ‘paixão rápida’, ‘amor de verão’. ‘De Musica Ligera’ é uma crítica aos hits que tocam, tocam, tocam e em pouco tempo ninguém mais quer ouvir.

Apesar da banda não ser famosa no Brasil, na Argentina e em todos os outros países da América Latina, são um fenômeno. Formada por Gustavo Cerati (guitarra e voz), Héctor ‘Zeta’ Bosio (baixo e voz) e Carlos Alberto Ficicchia (bateria e percussão), a história do Soda Stereo remete ao início dos anos 80. Em 1982 a banda começava a tocar na cena underground de Buenos Aires, mas a consagração viria apenas oito anos depois, com o lançamento de ‘Canción Animal’, álbum de 1990 que trouxe a famigerada ‘De Musica Ligera’, além de ‘Canción Animal’, ‘Un Millón de años Luz’ e ‘Té para tres’.

Em 1993 a banda faz uma pausa na carreira e em 1994 o filho de Zeta morre em um acidente de carro, afetando profundamente sua vida pessoal e profissional, ao ponto de cogitarem o fim definitivo do Soda Stereo.  Mas um ano depois eles voltam a se encontrar, lançando o álbum ‘Sueño Stereo’  em 1995 pela BMG. Em apenas 15 dias de lançamento, o álbum se tornou disco de platina, porém em 1997 a banda se despede novamente dos palcos em um show no estádio do River Plate, em Buenos Aires, Argentina.

Apesar de inúmeros rumores de retorno, nada aconteceu ao Soda Stereo, além de um documentário produzido pela HBO e um pela MTV chamado ‘Soda Stereo : A LENDA’. Sete anos após sua despedida dos palcos, a Sony lança em 2004 um DVD com cenas inéditas de turnês da banda. Em 2007, completando 10 anos de distância dos palcos, os integrantes resolvem se reunir novamente para uma tour de comemoração. ‘Me Verás Volver’  é o nome da nova tour da banda. Meu amigo ‘Gringo’, que trabalhava comigo em uma agência de propaganda, que me apresentou ao Soda Stereo, foi para Buenos Aires para um dos shows no estádio do River, de busão, acredite. Ao contrário do que se faz no Brasil, a tour comemorativa não marcava a volta da banda, sendo que seu fim também marcou o fim das atividades da banda.

Perceba a multidão de pessoas neste show e atente para a música cantada em coro, do início ao fim, durante a gravação do dvd ‘Gira Me Verás Volver’, durante sua tour de 2007.

Discografia

  1. 1984 Soda Stereo // Estudio
  2. 1985 Nada Personal // Estudio
  3. 1986 Signos // Estudio
  4. 1987 Ruido Blanco // Ao vivo
  5. 1988 Doble Vida // Estudio
  6. 1989 Languis // Mixtape
  7. 1990 Canción Animal // Estudio
  8. 1991 Rex Mix // Mixtape
  9. 1992 Dynamo // Estudio
  10. 1993 Zona de Promesas // Coletânea
  11. 1995 Sueño Stereo // Estudio
  12. 1996/2007 Comfort y Musica para Volar // Ao vivo 1996 / 2007
  13. 1997 Chau Soda // Coletânea
  14. 1997 El Último Concierto // Duplo ao vivo
  15. 2000 Obras cumbres // Coletânea
  16. 2004 Leyendas: Solamente los mejores // Coletânea
  17. 2005 20 Éxitos originales // Coletânea
  18. 2007 Lo esencial // Coletânea Importada
  19. 2007 Me Verás Volver // Coletânea
  20. 2007 MTV Unplugged: Comfort y música para volar // Ao vivo
  21. 2008 Gira Me verás volver” // Duplo ao vivo
  22. 2008 Lo esencial // Remasterizado

Publicado originalmente em: 24 de dezembro de 2007 às 18:24

Johnny Rivers – Quem Diria, Hein?

Um dos assuntos que mais costumo abordar por aqui é música. Geralmente eu trago dicas de músicas e artistas que eu gosto, além de trilhas sonoras interessantes. Como tenho o hábito de ouvir muita coisa, quando digo muita coisa é muita coisa mesmo. Para fazer uma comparação, se o projeto PIPA ou SOPA fossem aprovados, provavelmente eu seria condenado à cadeira elétrica. São poucos os dias que eu passo sem baixar um novo cd, o que rendeu até agora 108Gb e mais de 25.000 arquivos, todos baixados.

Nesta busca constante por novos horizontes musicais, costumo visitar artistas que seriam pouco prováveis dentro do seu gosto musical ou pouco prováveis no gosto musical da galera mais nova. Por isso resolvi lançar uma nova seção no site: QUEM DIRIA, HEIN?

A ideia é trazer uma música, uma seleção ou um álbum, que certamente agradaria qualquer pessoa que gosta de música boa, sem necessariamente gostar do artista ou do seu estilo musical. Por exemplo, não gosto de Bossa Nova, mas existem algumas músicas que eu adoro. Para começar essa galeria nova, convoquei ninguém menos que um dos ícones do rock dos anos 60 e 70: Johnny Rivers.

Johnny Rivers foi um ícone do rock’n’roll entre as décadas de 60 e 70, junto com Elvis, Chuck Barry, Johnny Cash entre outros. Assim como todos citados, Rivers tinha um pé no rock e outro no folk. Obviamente que nem todo mundo gosta do estilo de rock’n’roll americano, mas esta vai estar na sua playlist, acredite. Apesar de ser compositor, Rivers gravou inúmeras músicas de outros compositores, com ‘Secret Agent Man’ não foi diferente, escrita por Steve Barri e Sloan PF, a versão de Rivers foi gravada para a abertura da série britânica ‘Danger Man’, que foi ao ar nos EUA como ‘Secret Agent’, exibida de 1964 a 1966.

O sucesso da canção levou-a para a posição #3 da Billboard Hot 100 de 1966. A versão feita para a série, foi regravada por Rivers, em um show ao vivo, que rendeu o álbum “Johnny Rivers…and I know you wanna dance” de 1966. Como eu sei de tudo isso? Gênio? Não, pesquisei bastante rs. Veja o destaque na capa do LP, para a canção: ‘Secret Agent Man’, gravada na época em que ainda existiam lado A e lado B, onde cantores lançavam dois, três, quatro álbuns por ano, é uma canção atemporal e certamente poderia ter sido escrita nos dias de hoje. Se você notar algo familiar nos primeiros acordes da canção, não, você não está enganado, foi uma referência a famosa trilha de 007.

Aproveita e ouve um trecho:

Por este motivo, já que pouca gente deve ser fã de Rivers, mas ainda assim deve ter essa música em seu computador, ela leva o selo: QUEM DIRIA, HEIN?

Download Música

Pública – Canções de Guerra

Dez anos me separaram desta banda que eu aprendi a admirar de forma entusiasmada. Eles logo ali, em Porto Alegre e eu cometi a falha imperdoável. Mas o tempo que vem, certamente é capaz de compensar, o tempo que se foi. Eu já falei da banda em janeiro deste ano, após conhecê-los assistindo ao programa ‘Experimente’ que era apresentado por Edgard Piccoli no Multishow.

Influenciados por bandas clássicas e contemporâneas, principalmente britânicas como Beatles, Radiohead, The Smiths, Supergrass e Television, a banda certamente tem uma história musical de luta, apesar que o nascimento da banda data de 2001, somente cinco anos depois conquistam seu álbum de debut, Polaris de 2006.  O reconhecimento pela internet foi rápido e a visibilidade nacional veio com os clipes de ‘Bicicleta’ e ‘Long Plays’. veiculados na MTV e que lhes rendeu uma indicação ao VMB 2007 na categoria Aposta MTV.

Em 2009 a banda lançou seu segundo álbum ‘Como num Filme sem um Fim’ e recebeu o Prêmio Açorianos, organizado pela Secretaria de Cultura de Porto Alegre, nas categorias ‘Disco do Ano’, ‘Disco Pop/Rock’ e Compositor (Pedro Metz). O álbum foi indicado ao VMB 2009 em duas categorias, Videoclipe do Ano e Rock Alternativo, vencendo esta última.

Em abril de 2010 a banda deixou a capital gaúcha, neste tipo de êxodo musical que qualquer banda do país precisa fazer, para estar dentro do famigerado eixo Rio-São Paulo. A revista Rolling Stones fez duas críticas positivas sobre a banda, em seus dois primeiros álbuns, sinceramente não precisa ser gênio ou visionário para apostar naquilo que é público e notório.

Bem resumidamente os caras sabem o que estão fazendo e para onde estão indo.

A prova disso é que este ano, eles lançam um novo trabalho chamado ‘Canções de Guerra’. Será uma referência ao álbum ‘Filmes de Guerra, Canções de Amor’ dos conterrâneos do EngHawaii? Sinceramente não sei, mas o que posso garantir é a que os caras já viraram gente grande faz tempo. Sensacional, sensacional. Quer começar com o pé direito? Ouça ‘Corpo Fechado’.

Playlist

  1. Das Coisas que eu não Fui
  2. Pouca Estrada pra cedo Envelhecer
  3. Corpo Fechado
  4. O Homem
  5. Cartas de Guerra
  6. John
  7. Lembre que eu me lembro
  8. Não há outro Caminho
  9. Jazzmine
  10. Apagar das Luzes
  11. Silenciou

Unplugged MTV – 30 Seconds do Mars

O 30 Seconds To Mars, Thirty Seconds To Mars ou apenas 30STM é sem dúvida uma das bandas de rock mais interessantes de uma nova geração do rock. Também é uma das bandas mais plásticas que existe, seus clipes são extremamente elaborados, mais parecendo um curta metragem.

Já falei sobre a banda e sobre a vida do Jared Leto aqui e do significado dos símbolos usados pela banda aqui.

Recentemente, o 30STM lançou um EP acústico, gravado pela Sony Music Studios, em NY, através do projeto Unplugged MTV. O EP conta com Jared Leto nos vocais, Shannon Leto nos tambores e Tomo Milicevic no violão. Na playlist estão três canções da banda, ‘Hurricane’, ‘Kings and Queens’ eNight of the Hunter’, além de um cover de ‘Where The Streets Have No Name’ do U2. Eu pesquisei em vários lugares e não encontrei a data exata da gravação. Os vídeos oficiais são bloqueados para o Brasil e tive que ficar com a dúvida. Se alguém souber, deixe nos comentários.

O lançamento oficial via iTunes foi feito no dia 19 de agosto de 2011. Tá afim de baixar as músicas? Aproveita… Está dentro dos padrões do iPod, com os dados das músicas, letras e capa.

Download EP Completo

Ps.: Não posso mais colocar os dados completos no nome do arquivo, pois fui sinalizado pelo 4shared, infelizmente tem gente que denuncia o arquivo, mesmo que eu só disponibilize aqui, arquivos que muitas pessoas não possuem acesso, pois não foram lançados no país, enfim.

Aproveita e clica em curtir ali do lado direito, no Facebook e cadastra seu email no newsletter, assim posso saber quem passa por aqui.

 

Casa do Sol

Todos os anos, a rede Atlântida, rádio pertencente ao grupo RBS, afiliada Globo para o Rio Grande do Sul e Santa Catarina, convida artistas conhecidos do público aqui no sul, para produzir um tema para a época do verão, quando é realizado inclusive, o famoso Planeta Atlântida, com versão catarinense, em Florianópolis e com versão gaúcha, na praia de Atlântida, no município de Xangri-lá, ao sul de Capão da Canoa, cerca de 140km de Porto Alegre. É quase que uma Ilha de Caras, mas neste caso, é a Praia de Atlântida.

Não sei em qual ano exatamente, a banda Cidadão Quem (se você não é do sul ou nunca ouviu falar da Cidadão, pesquise, acesse o site e conheça uma das melhores bandas de rock do país), fez a sua versão para uma música tema, chamada de ‘Casa do Sol’. Vou disponibilizar o download da música para você ouvir…

Gostou? Faz o download!

Especial The Boxer Rebellion

A Revolução Boxer ocorreu na China de 1898 a 1901, contra as influências européias no norte da China, principalmente sobre o tráfico de ópio. Mas não é da Revolução que eu quero falar, mas da banda que faz referência a ela em seu nome. Se trata de um das melhores bandas que surgiram nos últimos anos.

O The Boxer Rebellion é uma banda de rock alternativo formada em Londres, Reino Unido, por volta de 2001, por Nathan Nicholson (vocais, guitarra, teclados), Todd Howe (guitarra), Adam Harrison (guitarra baixo) e Piers Hewitt (bateria).

Até agora, a banda já lançou um EP e dois álbuns de estúdio, Exits (2005) e Union (2009).  O terceiro álbum de estúdio, The Cold Still (2011) foi masterizado e produzido por Ethan Johns no Peter Gabriel’s Real World Studios . O álbum foi lançado no iTunes em 01 de fevereiro de 2011 nos Estados Unidos.  Também foi lançado digitalmente (iTunes) e fisicamente no Reino Unido, Europa e em todo o mundo no dia 07 de fevereiro de 2011. Na França o cd só chegará no dia 1º março de 2011.

O início

Em 2000, o vocalista Nathan Nicholson deixou sua cidade natal, Maryville , no Tennessee , após a morte de sua mãe e se mudou para Londres . Nicholson tinha uma conexão com o guitarrista Todd Howe através da internet, em uma rede de relacionamento para músicos, que resultou na criação de uma amizade firme e serviu para criar os primórdios da banda.

Eles logo atrairam a atenção do baterista Piers Hewitt, que tinha apenas a graduação da Escola de Música de Londres.  O seu primeiro projeto era conhecido como Slippermen. Rob Loflin, um amigo de Nicholson, tocou baixo nas sessões iniciais antes de deixar a banda, substituído pelo atual baixista, Adam Harrison, que se formou na Escola de Música de Londres com Hewitt. Como Slippermen eles produziram um single e um EP, Lents e The Travelers, respectivamente, mas o sucesso comercial foi tímido.

Então reaparecem com o nome de The Boxer Rebellion, com grandes mudanças no estilo de som que tocavam, o que começou a construir uma base de fãs. Eles então assinam com uma nova gravadora. Após o lançamento do seu EP de estréia, a banda estava pronta para uma turnê com o The Killers, porém, ainda em outra turnê, com os The Raveonettes, Nicholson ficou seriamente doente (apendicite), o que exigiu cinco horas de cirurgia e meses de recuperação, forçando-os a cancelar a próxima turnê.

Exits, o primeiro álbum, chega as lojas em 02 de maio de 2005. A banda continuou a aumentar o número de fãs e percorrer todo o Reino Unido e o continente europeu. Eles continuaram a abrir shows de outros artistas como The Editors, Lenny Kravitz e Gary Numan. No documentário Long Way Down, uma série de tv protagonizada pelos atores Ewan McGregor e Charley Boorman que conta uma aventura que fizeram de moto por 18 países e durou 3 meses, leva como trilha uma música do The Boxer Rebellion.

Recentemente

A banda financiou sozinha o lançamento do seu segundo álbum, Union. Ele foi lançado exclusivamente via iTunes® com o single “Evacuate” (lançado anteriormente em vinil, com edição limitada, em 2008)  e conquistou a posição de “Single of Week” no iTunes®. Em cinco dias de seu lançamento, Union alcançou a posição #4 no ‘ iTunes UK Album Chart top 100 ‘, e alcançou o #2 na lista ‘ Alternative ‘, perdendo apenas para Kings of Leon. O álbum foi lançado fisicamente somente em agosto de 2009.

Sua canção ‘ Semi-Automatic ‘, do álbum Union, foi incluída na série One Tree Hill, em 21 de setembro de 2010, assim como em um episódio de Human Target da Fox, em 05 de janeiro de 2011. O The Boxer Rebellion, teve diversas canções como destaque em séries, comerciais e filmes como as já citadas Human Target da Fox, Royal Pains e Raw, HBO, Ghost Whisperer e Accidentally on Purpose da CBS, além de One Tree Hill, Spike TV, Scream Awards, Grey’s Anatomy entre outros.

A banda teve participação no filme de 2004, Os Esquecidos (The Forgotten). Em 2010 no filme independente Flying Lessons e no mesmo ano, uma grande participação no filme ‘Amor à Distância’ (Going the Distance), exatamente onde conheci a banda. A banda não apenas faz parte da trilha sonora, como também participa de algumas cenas e até do enredo do filme, executando as músicas ‘Evacuation’ e ‘Spitting Fire’, retiradas do cd Union, além de uma canção original, ‘ If You Run ‘, escrita especialmente para o filme.

A banda fez sua estréia na televisão em 02 de fevereiro de 2011 na CBS com o Mr. David Letterman, onde tocaram ‘ Step Out of the Car ‘. Uma nova canção do TBR, ‘ Both Sides are Even ‘ foi incluida na série Grey’s Anatomy em 03 de fevereiro de 2011.

Voltando para dezembro de 2009, o álbum ‘ Union ‘, foi nomeado ‘ Melhor Álbum Alternativo ‘ de 2009, pelos editores do iTunes (USA). Em 2010, a banda tocou no South by Southwest , um evento anual de música, filmes e conferências interativas, realizado em Austin, Texas. Eles foram premiados com o ‘ Best Men In Black ‘ pela revista SPIN. A banda é esperada no mesmo evento em 2011. Piers Hewitt atualmente realiza um programa de rádio semanal na rádio Brentwood na rádio Phoenix FM.

Na conclusão de sua turnê de 2010 dos USA, anunciaram o título e o tracklist de seu novo álbum ‘ The Cold Still ‘, lançado em Fevereiro de 2011. Muitas das faixas deste álbum, foram exibidos durante a turnê de 2010.

Next Posts