Quase sempre…

frases-jr2

Para esquecer…

A pior decepção, a pior mágoa, a pior tristeza, a pior derrota, são aquelas que você tem de si mesmo. Perceber os próprios equívocos, saber que fez tudo errado, constatar que novamente seus instintos falharam e sua consciência o traiu é sempre desolador.

Olhar-se no espelho e saber que a vida é necessariamente reação de suas ações, somos vítimas de nós mesmos. Boicotamos nosso futuro, ignoramos as possibilidades, botamos os pés pelas mãos, não sabemos lidar com o tempo de cada coisa.

Queremos agora o que não podemos, queremos ter o que não é nosso, nos frustramos por tudo que obviamente nunca será. O que não foi, não é. Relutamos contra o óbvio, se adiantamos comemos cru, se esperamos demais, perde-se a oportunidade.

Não importa o que façamos, sempre acabaremos entre a cruz e a espada.
Ninguém sai ileso das escolhas e das consequências.

Pouco de mim…

É mesmo quando paramos para olhar para nós mesmos, que percebemos o tamanho do vazio que existe dentro de nós. Quando você percebe, você esqueceu de si mesmo. Se olha no espelho e percebe que por mais óbvio e ao mesmo tempo estranho, o tempo também passou para você. Começo a me importar em ver a idade em mim, mas principalmente o descaso do qual me fadei. Não me reconheço e mal sei onde estive durante este tempo de ausência. Você vai achar que é tristeza, mas é apenas catarse. Sou realmente do tipo que não sabe medir o tempo, o medo, o sentimento e as palavras. Das suas previsões, prefiro o acaso, o improvável, o impossível. Por excelência, tudo junto e ao mesmo tempo. Por enquanto eu levo assim, já que dizem que o acaso é amigo e um dia ele falará comigo, sobre mim e sobre você.

 

Internet #Fail

Fiquei sem internet o dia inteiro, segundo a empresa daqui, a ‘Oi’, ex BrasilTelecom, o problema atingiu Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Brasília. É o que eles dizem para você se confortar pensando que não é o único. Não consegui trabalhar o dia inteiro e muito menos passar por aqui. Descobri um cantor que eu não conhecia, muito bacana, vou falar dele em seguida.

Quem quiser, pode entrar lá na comunidade do Facebook, que vou começar a escrever algumas coisas somente lá.

1/2 MILHÃO

Quem diria… quem diria…

O Gelo Negro que na verdade era apenas um lugar para arquivar textos, chegou a 1/2 milhão de acessos em 18 meses. Estou muito feliz não pelos números, até porque diante de fenômenos da internet, isso não seria nada. Se você imaginar que 500.000 acessos é o que alguém como Felipe Neto ou PcSiqueira conseguem em poucos dias de um único vídeo publicado, a comemoração é na verdade pela perseverança. Eu me motivei durante quase dois anos, a trazer conteúdo para quem acessa o blog, pesquisando, quebrando a cabeça, ficando sem dormir, sofrendo com uma baita dor nas costas, para alcançar o que algumas pessoas conseguem ligando uma cãmera por menos de 10 minutos. Desculpe a sincerirade, mas só por isso acho muito mais merecedor o que eu e você que acesso o Gelo Negro conseguimos juntos.

Obrigado a todos que acessam todos os dias e a todas as pessoas que um dia passaram por aqui. Espero ter feito algum diferença.

Arrumando a casa

Estou com vontade de escrever muitas coisas, mas estou a dois dias já, atualizando e arrumando os artigos antigos do site. Desde o início, em 2006. São 438 postagens. Como não tenho ninguém para me ajudar, vai me tomar tempo.

Next Posts