Educação

Educação é um filme que passou completamente despercebido por mim. Nunca ouvi falar deste filme, mesmo com três indicações ao Oscar. O filme fortalece minha teoria do quanto a Globo é preconceituosa. Foi exibido na madrugada de domingo para segunda. Eles nunca passam bons filmes em horários nobres, provavelmente acreditam que o povo só quer ver filme bobo e assim deixam filmes melhores para os boêmios intelectuais. Pesquisando agora as informações técnicas do filme, li uma crítica no site Adoro Cinema com uma nota baixíssima (1,5), talvez a mais baixa de um filme que já pesquisei no site. Mesmo com a nota baixa, o crítico elogiava a direção de Lone Scherfig (mesma diretora de ‘Um Dia’), além da excelente atuação de Carey Mulligan, que na ocasião ele profetizava ser uma atriz de um filme só. Errou, já que após ‘Educação’, ela protagonizou o ótimo ‘Drive’, fez uma boa atuação em ‘Não me Abandone Jamais’ e protagonizou um filme que ainda não vi, mas tem ótimas referências, chamado ‘Shame’.

an-education-educacao-filme

Sinopse

Jenny Carey (Carey Mulligan), tem 16 anos e vive com a família no subúrbio de Londres, na década de 60. Inteligente e bela, sofre com o tédio de seus dias de adolescente e aguarda impacientemente a chegada da vida adulta, marcada pela ida a faculdade. Seus pais alimentam o sonho de que ela vá estudar em Oxford, mas a moça se vê atraída por um outro tipo de vida. Quando conhece David (Peter Sarsgaard), um homem mais velho, na faixa dos trinta anos, galanteador e cosmopolita, passa a ver um mundo novo se abrir diante de si. Ele a leva a concertos de música clássica, a leilões de arte e a faz descobrir o glamour da noite, deixando-a em um dilema entre a vida formal a qual estava condenada qualquer mulher de sua década ou viver uma vida mais libertária, sem formalidades.

Opinião

O filme tem dois pontos bem fracos, o obviedade do caráter de David. Peter Sarsgaard não consegue esconder em momento algum que se trata de um grande mal caráter. O segundo ponto é certamente o final, simplório demais, óbvio demais, para um filme muito bom. Ainda assim, assistir o filme é muito bom para ver o carisma de Carey Mulligan em sua primeira protagonização. Educação mostra a capacidade visionária ou ao menos a sorte em apostar nesta atriz que até então só havia feito pontas sem qualquer destaque.

Ficha Técnica

Título Original … An Education
Origem … Estados Unidos / Reino Unido
Gênero … Drama
Duração .. 100 min
Lançamento … 2009 (Brasil  : Fev/2010)
Direção … Lone Scherfig
Roteiro … Lynn Barber e Nick Hornby

Elenco

Peter Sarsgaard como David
Carey Mulligan como Jenny
Alfred Molina como Jack
Emma Thompson como Headmistress
Sally Hawkins como Sarah
Rosamund Pike como Helen
Dominic Cooper como Danny
Olivia Williams como Miss Stubbs

Trilha Sonora

A trilha sonora traz ótimas canções, em especial, duas da diva francesa Juliette Greco.

Um Dia

Quando vi a capa deste filme, queria vê-lo a todo custo. Infelizmente ele não estava disponível em nenhuma locadora. A única que já tinha o filme, comprou apenas cópias em blu-ray. Prometi para mim, que quando conseguisse comprar um aparelho, este seria o primeiro filme que eu alugaria e assim cumpri a promessa. É estranha a sensação de você entrar pela primeira vez em uma locadora e ver que aquele ‘mundo’ que você não foi convidado para estar, agora você também faz parte. Parece que tudo começa no zero novamente. É estranho, difícil pensar como coisas simples nos são negadas pela dificuldade financeira que todos nós passamos, deveria ser para todos. Como diria Álvaro de Campos:

Serei sempre o que não nasceu para isso; (…)
Serei sempre o que esperou que lhe abrissem a porta ao pé de uma parede sem porta.

No popular, eu sou o famoso pobre soberbo.

Um Dia (One Day) é o segundo filme de destaque baseado nos romances do escritor e roteirista David Nicholls. O primeiro filme foi Garoto nota 10 (Starter for Ten). O livro foi lançado em 2003 e o filme adaptado em 2006, filme bem simpático por sinal. Em 2005 ele escreveu The Understudy, que me parece não ter sido publicado no Brasil e Um Dia (One Day), escrito em 2009 e adaptado em 2011. Nicholls lembre em muito o estilo do escritor Nicholas Sparks, especialista em romances com finais tristes. Como Nicholls também é roteirista, ele produz roteiros originais (aqueles escritos diretamente para o cinema). O mais interessante até o momento foi ‘Quando Você Viu Seu Pai Pela Última Vez?’. Parece que Um Dia abriu novas portas para Nicholls que assina o roteiro de dois filmes importantes: ‘Great Expectations’, em pós-produção e o que será O Diário de Bridget Jones 3, com o título ‘Bridget Jones Baby, ainda em pré-produção e sem data prevista para lançamento. Muito provavelmente 2013 ou 2014. Mas isso é assunto para outros posts, vamos falar sobre Um Dia, filme protagonizado pela belíssima Anne Hathaway e o meia-boca Jim Sturgess. Se Nicholls herdou algo de Sparks, foi essa ideia de colocar modeletes nos papéis principais. Todo mundo gosta de ver gente bonita, mas no caso do personagem masculino, atitude é sempre mais importante que uma bela cutis.

Sinopse

Dexter Mayhew (Sturgess) e Emma Morley (Hathaway) se conheceram na faculdade, apesar de Dexter nunca ter reparado na desajeitada Emma. No dia 15 de julho de 1988, data da formatura de ambos, finalmente Dexter percebe a existência de Emma, com a ajuda de porrezinho leve. Emma leva Dexter para seu apartamento, mas o clima entre os dois não rola como Emma esperava. Enfim acabam dormindo juntos, sabendo que no dia seguinte, deverão trilhar caminhos diferentes. Ele um playboy pegador clássico e ela uma garota de baixo autoestima. Porém a amizade permanece e a cada ano que se passa, um se torna mais importante na vida do outro. O romance que deveria acontecer é sempre atrapalhado por circunstâncias da vida. Os anos se passam e ‘Dex’ e ‘Em’ levam vidas isoladas, muito diferentes daquelas que eles sonhavam ter. Agora no entanto, incapazes de esquecer o sentimento muito especial que os arrebatou naquela primeira noite, surge uma extraordinária relação entre os dois. Ao longo dos vinte anos seguintes, flashes do relacionamento deles são narrados, ano a ano, todos no mesmo dia: 15 de julho. Dexter e Emma enfrentam disputas e brigas, esperanças e oportunidades perdidas, risos e lágrimas. Conforme o verdadeiro significado desse dia crucial é desvendado, eles precisam acertar contas com a essência do amor e da própria vida.

Ficha Técnica

Título Original … One Day
Direção … Lone Scherfig
Lançamento … 2011
Nacionalidade … USA/UK
Gênero … Drama
Duração … 107 min

Elenco

Anne Hathaway como Emma Morley
Jim Sturgess como Dexter Mayhew
Patricia Clarkson como Alison Mayhew
Romola Garai como Sylvie Cope

Assistiu? Gostou? Odiou? Ficou na dúvida?
Veja o restante do post e compartilhe das minhas percepções.

Read More…