Amor e Ódio – La Rafle

Amor e Ódio (La Rafle) é um interessante filme francês que conta uma passagem desconhecida por mim e provavelmente por você, sobre a segunda guerra mundial, mostrando que a Alemanha Nazista não foi a única responsável pelas atrocidades cometidas durante esta triste parte da nossa história. O filme faz um mea culpa contanto fatos reais passados em 1942, quando a França que era tida como uma terra livre para os judeus, acabou entregando mais de 25.000 refugiados para o exército nazista. Destas 25.000 pessoas, uma grande parte foi protegida e escondida por moradores franceses, apesar das ameaças do governo alemão e francês, o que evitou um massacre ainda maior.

O filme retrata o triste acontecimento do dia 16 de junho onde um trem repleto de crianças foi mandado para o campo de Auschwitz-Birkenau. Os campos localizavam-se no território dos municípios de Auschwitz e Birkenau, versões em língua alemã para os nomes polacos de Oswiecim e Brzezinka, respectivamente, área distante cerca de 70km da cidade de Cracóvia, capital da região da pequena Polônia.

Eram 3 campos de concentração principais, 1 de extermínio e outros 39 campos de concentração menores. Entre os três principais estavam:

Auschwitz I – Campo de concentração original que serviu de centro administrativo para todo o complexo. Neste campo morreram perto de 70.000 intelectuais polacos e prisioneiros de guerra soviéticos.
Auschwitz II (Birkenau) – Era um campo de extermínio onde morreram aproximadamente 1.000.000 de judeus e perto de 19.000 ciganos.
Auschwitz III (Monowitz) – Foi utilizado como campo de trabalho escravo para a empresa IG Farben.

A atuação de Jean Reno é sempre impecável, na medida, sem sobressaltos e de forma muito convincente. Também é muito interessante a participação da bela atriz francesa Mélanie Laurent A jovem atriz de 29 anos e até então desconhecida para mim, tem mais de 26 filmes na carreira. Apesar de não lembrar dela de outros filmes, ela fez Bastardos Inglórios e uma outra cambada de filme francês que infelizmente não terei a oportunidade de encontrar em alguma prateleira de locadora.

Sinopse

O ano é 1942. Joseph tem 11 anos e nesta manhã de junho deve ir para a escola. Uma estrela amarela é presa em seu peito. Ele tem o apoio de um comerciante de mercadorias e por outro lado, a ironia e zombaria de um padeiro. Entre bondade e desprezo, Joseph, seus amigos Judeus, suas famílias, aprendem a viver numa Paris ocupada, sobre a colina de Montmartre, onde eles se abrigavam. Pelo menos é o que achavam, até a manhã de 16 de Julho de 1942, quando sua frágil felicidade desmorona. Em um velódromo 13.000 judeus estão espremidos, sem comida, sem água, sem lugar para dormir, sem atendimento médico suficiente para tratar as doenças que se proliferam. Após o primeiro momento de sofrimento extremo, são levados para o campo de Beaune-la-Rolande, de Vichy (cidade francesa ao sul de Paris). Todas estas ordens são dadas por um alegre e descontraído Hitler, do terraço da bela casa em Berghof, sua residência nos Alpes da Bavária. O filme segue os reais destinos das vítimas e de seus carrascos. Daqueles que orquestraram tudo, daqueles que confiaram neles, daqueles que fugiram, daqueles que se opuseram. Cada personagem desse filme existiu. Cada evento, até os mais extremos, infelizmente ocorreram naquele verão de 1942.

Ficha Técnica

Título Original … La Rafle
Origem … França
Gênero … Drama / Guerra
Duração .. 115 min
Lançamento … 2010
Direção … Rose Bosch
Roteiro … Rose Bosch

Elenco

Jean Reno como Dr. David Sheinbaum
Mélanie Laurent como Annette Monod
Gad Elmaleh como Schmuel Weismann
Raphaëlle Agogué como Sura Weismann
Hugo Leverdez como Jo Weismann

O Profissional – Léon

Ontem finalmente tirei um tempo para assistir este filme que habitava meu imaginário há muito tempo. ‘O Profissional’ traz no elenco o excelente ator Jean Reno e a então estreante Natalie Portman,então com 12 anos. De alguma forma estranha, toda a Natalie Portman que conhecemos hoje já estava dentro daquela pequenina garota de 12 anos que aparentaria até menos. O mais confuso é você ver nos olhares provocantes e nas investidas daquela pequena garota, toda a malícia que você vê em Closer, exatos dez anos depois. Apesar de não fazer nenhum sentido, de alguma forma você consegue aceitar que os protagonistas nutrissem um sentimento de amor, mesmo diante da grande diferença da idade e da extrema delicadeza e bom senso de eles não se envolverem sexualmente no filme. É muito mais um sensação do que um dia poderia ser e não do que era naquele momento.

Sinopse

Leone ‘Léon’ Montana (Jean Reno) é um assassino profissional ou um ‘cleaner’ (limpador) como ele refere a si mesmo, que vive uma vida solitária na cidade de Nova York. Seus trabalhos vem de um mafioso chamado Tony (Danny Aiello), que opera a partir do restaurante Supreme Macaroni. Léon passa o seu tempo ocioso dedicando-se a exercícios físicos, alimentando uma planta de casa que no início ele descreve como seu ‘melhor amigo’ e assistindo velhos musicais de Gene Kelly.

Em um determinado dia, ele encontra Mathilda Lando (Natalie Portman), uma menina de doze anos com um olho negro e fumar um cigarro, vivendo com sua família disfuncional em um apartamento no corredor. Seu pai abusivo e a madrasta egoísta nem sequer notam que Mathilda deixou de frequentar as aulas em sua escola para meninas com problemas.

Seu pai atrai a ira de agentes corruptos do DEA (Drug Enforcement Administration), que pagam para que ele esconda carregamentos de cocaína em sua residência, quando descobrem que ele está retirando 10% da droga pura para seu faturamento e substituindo por outras substâncias. Toda a família é morta pelos policiais corruptos liderados por Norman ‘Stan’ Stansfield (Gary Oldman), menos Mathilda que havia saído para fazer compras.

Mathilda retorna para casa e diante da cena do crime segue em frente até a porta de Léon, fingindo ser sua filha para evitar ser morta com sua família. Quando descobre que Léon é um assassino profissional ela enxerga nele a possibilidade de vingar a morte do irmão mais novo, de apenas 4 anos e o único em sua família que ela realmente amava. Assim, diante desta situação Léon e Mathilda se unem em todas as suas perdas e seus vazios.

Ficha Técnica

Título Original … Léon (FR)
Título Inglês … Léon: The Professional
Gênero … Suspense Policial
Duração … 110 min
Lançamento … 1994
Direção … Luc Besson
Roteiro … Luc Besson
Nacionalidade … França/USA

Elenco

Jean Reno como Léon
Gary Oldman como Stansfield
Natalie Portman como Mathilda
Danny Aiello como Tony
Michael Badalucco como pai de Mathilda
Ellen Greene como a mãe de Mathilda

Spoilerando

Read More…