As mil faces de Hugo Weaving

Hugo Weaving é certamente um dos atores mais talentosos e versáteis da atualidade. Com 78 produções em sua carreira, entre séries, curtas, longas e dublagens, Weaving é sem dúvida um camaleão, tanto nas interpretações, quanto nas caracterizações. É o ator que possui uma das filmografia mais diversificadas de Hollywood. Nascido na Nigéria, isso mesmo, Weaving é africano e morou toda sua infância na África do Sul. Weaving já foi da drag queen Mitzi em Priscila, A Rainha do Deserto ao vilão Caveira Vermelha em Capitão América. Já fez um bissexual em ‘Sob o Efeito da Água’, o vilão Agente Smith na trilogia Matrix, Elrond na trilogia ‘O Senhor dos Anéis’ e agora em ‘O Hobbit’, passou um filme inteiro sem mostrar o rosto em ‘V de Vingança’,emprestou sua voz para um dezena de personagens de animação e já foi até um cão em ‘Babe’.

Foi pensando nisso que resolvi montar algumas facetas deste, acredito eu, ainda não justamente reconhecido, excelente ator.

hugo-weaving-movies-filmes

As mil faces de Natalie Portman – Pt 2

As mil faces de Natalie Portman – Pt 1

Ela se revelou para mim, definitivamente, no papel da irresistível e enigmática ‘Alice’, em ‘Closer – Perto Demais’. Suas transformações visuais durante o filme, dão o tom de uma das principais características desta incrível atriz. Natalie Portman é do tipo que usa de todos os seus atributos para seduzir o espectador. Se não bastasse o talento para interpretar, Portman é dona de uma das maiores belezas de Hollywood.

Mas apesar da beleza, Portman não se restringe apenas a papéis de ‘menina bonitinha’. Na verdade, ela usa sua beleza de forma displicente, quando você percebe, já está apaixonado pela personagem. Já fez mulher fatal e insegura (Closer), a trágica Ana Bolena (A Outra), polêmica (Hotel Chevalier), heroína (Star Wars), forte (V de Vingança).

Natalie Portan é uma das melhores atrizes que Hollywood tem atualmente e certamente está anos luz de ser apenas um rostinho bonito. Aproveitei para apresentar sua filmografia nas imagens abaixo (deu trabalho)… Esta é a primeira parte, do seu primeiro filme em 1994 até V de Vingança em 2006.

Jared Leto e o 30 Seconds to Mars

Jared Joseph Leto (26 de dezembro de 1971) é um ator, músico, compositor e produtor americano. Ele já apareceu em filmes como ‘Clube da Luta’, ‘Garota Interrompida’, ‘O Quarto do Pânico’, ‘Alexandre’, ‘Requiem para um Sonho’, ‘O Senhor das Armas e ‘Capítulo 27’. É o vocalista, guitarrista e principal compositor do grupo de rock, norte-americano, 30 Seconds to Mars e já dirigiu vídeos de música para a banda, sob o pseudónimo de Bartholomew Cubbins (nome emprestado do livro ‘ Os 500 Chapéus de Bartolomeu Cubbins, escrito por Dr. Seuss).

Antes da Fama

Leto nasceu em Bossier City, Louisiana e durante sua infância, Leto, sua mãe Constance e seu irmão mais velho Shannon Leto, mudavam-se com frequência, vivendo em Louisiana, Wyoming, Colorado, Virginia e ainda o Haiti. Depois de parar os estudos no ensino médio, Jared decidiu voltar a se dedicar a sua educação na ‘Flint Hill School em Oakton’, Virginia. Graduou-se na escola preparatória ‘Emerson Preparatory School’, em Washington, DC, em 1989. Quando ele terminou a escola, Leto matriculou-se na ‘Filadelphia’s University of the Arts’ para perseguir seus interesses nas artes plásticas. No entanto, ele foi transferido para a ‘School of Visual Arts’ em NY, desenvolvendo um interesse pela atuação.

Carreira no Cinema

Em 1992, Leto se mudou para Los Angeles para seguir uma carreira na música, mas também aceitou alguns papéis secundários para ocupar parte do seu tempo.

Dois anos depois, ele conseguiu um papel na série de TV ‘My So-Called Life’, no qual interpretou ‘Jordan Catalano’, contracenando com Claire Danes. Depois que a série acabou em 1995, Leto atuou em vários filmes como: ‘Colcha de Retalhos’ (How to Make an American Quilt), ‘Garota Interrompida’ (Interruped Girl), ‘Mitos Urbanos’ (Urban Legend), ‘Além da Linha Vermelha’ (The Thin Red Line), ‘Prefontaine – Um Nome sem Limites’ (Prefontaine) e ‘Clube da Luta’ (Fight Club).

No entanto foi sua atuação como ‘Harry Goldfarb’, um viciado em heroína, no filme ‘Requiem para um Sonho’ (Requiem for a Dream), em 2000, que lhe rendeu mais elogios da crítica. No mesmo ano, ele interpretava ‘Psicopata Americano’ (American Psycho). Depois disso, ele voltou como ‘David Fincher’ em “O Quarto do Pânico” (Panic Room).

Em 2002, ao lado de Jake Gyllenhaal e Selma Blair, protagonizou o filme ‘Estrada Perdida’ (Highway), depois contracenou ao lado de Colin Farrell no filme ‘Alexandre’ (Alexander) de Oliver Stone e mais tarde com Nicolas Cage em ‘O Senhor da Armas’ (Lord of War) .

Leto era ‘Vegano’ (filosofia de vida onde não se consome carne, derivados do leite e ovo). Esse fato virou assunto durante as entrevistas sobre seu aumento de peso, para o filme ‘Capítulo 27’ (Chapter 27), que estrelou ao lado de ‘Lindsay Lohan’, no qual ele interpreta a história real de ‘Mark David Chapman’, assassino confesso de ‘John Lennon’ (Ele ganhou mais de 30 quilos para este papel). Ainda interpretou o filme de ficção científica ‘Senhor Ninguém’ (Mr. Nobody) lançado em 2010.

Carreira Musical

Além de sua carreira no cinema, Jared Leto é o vocalista, guitarrista e compositor da banda ’30 Seconds to Mars’. Ele começou a banda em 1998 com seu irmão, Shannon Leto, que é o baterista da banda. A banda lançou três álbuns completos. A estréia do ’30 Seconds to Mars’ foi em 2002 com um álbum homônimo. Em 2005 chegou “A Beautiful Lie” e em 2009 foi a vez de ‘This Is War’.

No início começaram a abrir para outras bandas e iniciaram sua primeira turnê, ‘Forever Night Never Day’, somente em março de 2006. Em maio de 2007, a banda começou uma turnê pela Europa. Em agosto de 2008, a “Virgin Records” entrou com um processo de US $ 30 milhões contra Jared e o 30 Seconds to Mars, alegando que a banda se recusou a entregar três álbuns como exigido pelo seu contrato. Segundo o processo, a banda “ignorou” um contrato de julho de 1999.

No final de abril de 2009, eles anularam seu contrato com a EMI e o ’30 Seconds To Mars’ decidiu assinar novamente com a Virgin Records. O terceiro álbum “This Is War” foi lançado em 08 de dezembro de 2009, enquanto que o single, “Kings and Queens” estreou na terça-feira, 6 de outubro de 2009. “This is War” foi o segundo single do álbum.

Leto dirigiu os vídeos para as músicas ‘The Kill’, ‘From Yesterday’ e ‘Kings and Queens’ sob o pseudônimo de ‘Bartholomew Cubbins’, e “A Beautiful Lie”, sob o pseudônimo de Angakok Panipaq.

Para a maioria dos shows, Leto usa duas guitarras customizadas por ‘Steve McSwain’, uma branca que ele chama de ‘Pythagoras’ e uma preta que ele chama de ‘Artemis’. As guitarras tem afinações bem diferentes, em uma delas possui um símbolo que ele mesmo desenhou para McSwain utilizar na customização da guitarra.

Ocasionalmente ele usa uma ‘Gibson SG 61’ como é visto no clipe ‘A Beautiful Lie’. Jared também utiliza um violão Gibson para espetáculos acústicos. Recentemente, a banda teve a colaboração do rapper Kanye West na música Hurricane do seu mais recente álbum, This Is War.