Condicionador de ideias

gelo-negro-condicionador-de-ideias

Nunca deixe que suas atitudes sejam condicionadas.
Em todas as situações, independente de que lado esteja, aja conforme aquilo que acredita.
Não enganar, não mentir, apenas para evitar consequências é apenas uma manifestação de covardia.

Valores e honra existem no momento em que você faz coisas que ninguém te vê fazendo.
Mudar o valor e a importância de pessoas conforme a situação, não lhe transforma apenas em um ser volúvel, mas diz muito sobre seu caráter.

Sempre achei digno sair de qualquer situação ou relação, melhor do que entrei.
Nunca refutei as coisas que disse, nunca desvalorizei o que passou.
Ainda que seja passado, um dia ele já foi seu presente.

Todas as pessoas que passaram pela minha vida, nunca tiveram portas fechadas para mim.
Sempre dei ao menos, o direito de ouvir seus argumentos, aceitar suas desculpas e estender uma mão se necessário.

Em meio a este mundo tão veloz e raso. Onde todas as pessoas querem saber tudo sobre tudo.
Onde todos se sentem no dever de dizer o que pensam, confundimos com desapego, a ideia de ligar o ‘foda-se’ para tudo e todos:

Foda-se o que você sente.
Foda-se o que você acha.
Foda-se o que você pensa.
Foda-se isso…
Foda-se aquilo…

Ter certeza do que se quer, não é um sinônimo de desinteresse da vida alheia, do bem-estar do próximo.
Neste mundinho medíocre que criamos, da cultura do ‘eu’, da cultura do ‘amor próprio’,
da cultura narcisista, egoísta e prepotente, esquecemos de olhar para o lado.
De ouvir as necessidades do outro. De respeitarmos uns aos outros. De nos importarmos coletivamente.

Dizem que nunca devemos espalhar espinhos no caminho de despedida,
pois a vida geralmente nos faz voltar descalços pelo mesmo lugar.

Eu me importo…
Ainda que você não se importe com isso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *