Eu queria te dizer…

Tudo aquilo que você despertou dentro de mim.
Tudo aquilo que você tem me ensinado.
Tudo aquilo que você fez renascer em mim.
Tudo aquilo que você resgatou sobre mim.
Tudo aquilo que você me diz com seu olhar.
Tudo aquilo que você conforta com seu sorriso.
Tudo aquilo que você me faz lembrar.
Tudo aquilo que você me fez esquecer.
Tudo aquilo que enfrentei para enfim ter você.
Tudo aquilo que busquei e encontrei em ti.
Tudo aquilo que você é pra mim.
Tudo aquilo que você será.

Eu queria dizer não por vaidade, mas pura caridade. Pois sei que em algum lugar, alguém como eu pode estar perdendo as esperanças, mas que diferente de mim pode ter esquecido que a vida é feita de belos milagres. Que ainda que improvável, nunca é impossível.

Eu sei que será você sempre a partir de agora, pois tudo aquilo que me afastou de todos, é tudo aquilo que nos aproxima. Eu olho para você e me vejo em ti.

“Porque, em parte, conhecemos, e em parte profetizamos; Mas, quando vier o que é perfeito, então o que o é em parte terá seu fim…”
1 Coríntios 13:9,10

Nunca entendi quem prefere ser pela metade. Quem prefere ser apenas parte. Para ser real, precisa ser inteiro. Não intenso. Apenas inteiro. Quando cansei de ter tão pouca pessoa, você se revelou por completo. Como quando nos olhamos no espelho em que parte é enigma, até que vemos enfim, face a face…

Quando você começou pra mim, criou vários fins… Que seja assim…

“Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três, mas o maior destes é o amor.”
1 Coríntios 13:13

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *