Melhor que o original…

Regravações são sempre uma loteria. Algumas ficam boas e outras acabam destruindo a canção original, principalmente se tratar de um sertanejo cover de alguma canção americana. Mas existem aqueles capazes de criar algo ainda mais interessante do que o próprio autor compôs para sua obra. Vou listar algumas que me vêem a menta agora:

Conversa de Botas Batidas

A canção dos Los Hermanos, gravada originalmente em 2003 para o álbum Ventura, recebeu esta lindíssima versão gravada pelo cantor carioca Cícero, que teve a genialidade de colocar uma citação linda de Carlos Drummond de Andrade, feita pelo próprio escritor. Impecável a versão feita para o projeto Re-Trato, que aliás, possui diversas versões que poderiam estar aqui nesta lista.

Como vai Você

Antônio Marcos foi a sensação da música romântica no Brasil entre as décadas de 70 e 80. Me recordo dele pois minha mãe era fã do cantor e ainda por cima dizia que ele era parecido com meu pai. Renato Godá fez uma versão de um dos seus maiores sucessos, no projeto Amor Maior da Musicoteca, para homenagear o cantor pelos 20 anos de sua morte.

We Found Love

Qualquer versão de uma música da Rihanna provavelmente seria melhor que o original, mas deixando o preconceito de lado, a cantora Ingrid Michaelson do qual sou fã, fez uma versão do sucesso da cantora, para o seu projeto intitulado Army 3, onde junto com dois amigos músicos, faz regravações de sucessos pops em uma outra roupagem. Bem bacana o resultado.

Pretty Woman

Desta vez foi o Van Halen que fez uma versão mais rock’n’roll do clássico do Roy Orbison.

What a Wonderful World

Nenhuma versão e nenhum músico conseguiria substituir a belíssima voz de Louis Armstrong, mas como o Ramones conseguiu deixar a música bem bacaninha, ideal para uma baladinha rock’n’roll anos 90, vale o registro.

In My Life

Beatles é Beatles, mas Johnny Cash é Johnny Cash. O que dizer da versão que ele fez de In My Life? Simplesmente emocionante na sua voz de trovão.

Hurt

Assim como In My Life regravada por Cash, Hurt fez parte do álbum American IV: The Man Comes Around. Nesta canção Cash conseguiu algo ainda maior. Transformou a canção sem graça do Nine Inch Nails em uma obra de arte. O clipe de Hurt, com um Cash muito abatido pela doença, com uma voz bastante fragilizada é certamente uma das canções mais lindas que já ouvi.

Tempo Perdido

Tiago Iorc é definitivamente uma sumidade. O jovem cantor conseguiu regravar uma canção da Legião Urbana e conseguiu incrivelmente fazer uma versão lindíssima de Tempo Perdido. Assim como fez com Sorte do Caetano Veloso, Música Inédita da Cidadão Quem e Morena dos Los Hermanos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *