Quebra-cabeça

quebra-cabeca

Acreditamos e olhamos para a vida como se ela fosse um grande quebra-cabeça. Cada pessoa representando uma de suas peças. Um gigantesco quebra-cabeça de 7 bilhões de peças.

Como peças deste quebra-cabeça, temos um local exato para estar, uma forma exata para nos encaixar em outras peças que nos rodeiam. Um quebra-cabeça não pode ser algo aleatório, sem regras, sem organização. Ainda que você seja uma peça azul dentro de um oceano de outras peças azuis, seu espaço está reservado, um único e específico espaço. Não nos encaixamos em qualquer lugar e quando encontramos o local certo para o qual fomos designados, ficamos ali: parados, estáticos, imóveis.

Nos sentimos felizes por fazer nossa parte neste enigmático quebra-cabeça da vida. Talvez por isso muitas vezes você se sinta deslocado, como se não fizesse parte do meio em que vive, não combinando com seu redor, sem encaixe.

Ah, como eu gostaria que a vida fosse mais parecida com um Lego. Todos meio parecidos, porém com a capacidade de se combinarem entre si para criarem novas realidades. Infindáveis e criativas formas. Sem lugar exato para estar, sem função específica para cumprir, sem importar qual cor ou formato você tem, mais quadrado ou mais comprido. Afinal, nos encaixamos da mesma forma, independente das nossas características.

Que bom seria se entendêssemos que ainda que individualmente semelhantes, na coletividade é que criamos as nossas variações, podendo nos transformarmos no que quisermos e ainda assim, ter a capacidade de desmontar uma realidade, quando ela simplesmente não funcionou e se reconstruir, com as mesmas peças ou até mesmo com outras diferentes. Em nova forma, com nova função, para um novo objetivo.

Felizes os que agem como Lego no mundo das peças de quebra-cabeça.

J.R. Wills

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *