Observador

É interessante e ao mesmo tempo empolgante observar os movimentos particulares, inquietantes e inconclusivos que a vida vai trilhando, serpenteando o tempo, as improbabilidades, o ilogismo, a aparente desconexão.

Virei observador de mim, intercalando momentos de ação e momentos de inércia, deixando a poeira assentar, esperando os movimentos do vento, a mudança das marés, a formação das nuvens. Trilhando o próprio caminho, mas aproveitando a correnteza e as correntes para seguir o fluxo, aproveitando o empuxo e mudando de direção apenas quando é conveniente, para encontrar o rumo adequado.

É estranho concluir que quanto mais tempo você deixa o destino no controle de sua vida, mais tempo ele te proporcionar para que tudo acabe bem. A sensação eterna de que tudo está em renovação, em iniciação, em transformação, em metamorfose. A vida é cheia de altos e baixos, isso todo mundo sabe. Mas talvez você não se ateve ao fato que pode escolher entre ser vítima das consequências dessa realidade volátil ou se tornar observador. Atento e admirado com a capacidade de mudança e reformulação de cada dia, revelando a magica e aterrorizante sensação da imprevisibilidade.

Você pode reclamar do dia quente, da chuva que não para de cair, do frio que castiga, do vento forte que devasta. Mas pode também dar-se o direito de observar a relevância e a coexistência que faz o equilíbrio. Sol e chuva, lua e sol, vento e calmaria, calor e frio, dia e noite, felicidade e tristeza, amor e solidão, euforia e melancolia.

Virei observador, ainda que agente, ainda que afetado, questionando menos, absorvendo mais. Reclamando menos e aceitando mais. Sorrio sem motivo aparente, sem vitórias significativas. Sou feliz ao ouvir uma música boa, sentir o vento frio no rosto, caminhar com o som das ondas ou aproveitar o silêncio do apartamento vazio, para ouvir tudo que ecoa dentro de mim.

A solidão nunca me caiu tão bem e nunca me foi tão necessária. Tenho a mim e assim tenho tudo que preciso agora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *