Próximo de mim, distante de todos…

Em toda a minha existência até o momento, tenho me reinventado diariamente. Desde que entendi de forma clara, que manter perspectivas intactas não é sinônimo de caráter ou inteligência, quando enfim entendi que nossa única saída sã é a capacidade de adaptação, a vontade da mudança infinita e a necessidade de sentir-se em movimento, seja qual for a direção escolhida, sinto que estou fazendo algo certo.

Recentemente comecei a entender que quanto mais compartilhava minha vida com outras pessoas, menos sobrava de mim, para mim. Recentemente ouvi um psicanalista explicar a proeza de se tornar um individualista, alguém que precisa apenas de si mesmo para sentir-se completo. Essa visão que poderia ser confundida com egoísmo, na verdade é quase seu antônimo, segundo ele.

Quando você compartilha suas frustrações publicamente, tem a falsa sensação de um desabafo, de um conforto, de um alívio. O problema parece que se vai, junto com a avalanche de outras publicações inúteis da sua timeline. No entanto você deixou de consumir as lições que estes momentos poderiam lhe ensinar e evitar a repetição dos mesmos erros. Por isso parei de compartilhar minha vida, minhas conquistas, minhas alegrias e minhas tristezas.

Quero tudo para mim agora, o bom e o ruim. Porque somente eu sei o que fazer com meus pensamentos, eles só fazem o sentido correto, em mim. Somente eu sei a importância que dou as coisas que me fazem sorrir e as que me fazem chorar. E isso é particular e importante demais para dividir assim, a quem bem entender.

Das minhas palavras você pode fazer o que quiser: julgamentos, significados e até mesmo criar sua própria imagem sobre mim. Em geral resumem de forma rasa e simplória. No entanto, as coisas que registro aqui servem apenas para que não esqueça das coisas que vivi, vi, ouvi, senti. Coisas que passam pela minha cabeça, são os pontos que me fazem chegar até aqui, independente do que você queira tirar destes relatos.

Desculpe o individualismo e minha tentativa de ser mais do que isso que você está acostumado, mas a cada dia serei mais próximo de mim e mais distante de qualquer um.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *