Intocáveis

Intocáveis é um filme francês muito interessante. As polêmicas em torno desta comédia dramática vieram da imprensa americana que classificou o filme de racista e da francesa que presumiu que a obra propaga estereótipos. Me parece estranhas as acusações, já que nada é subliminar e as diferenças étnicas e sociais são claras e necessárias para ilustrar a indiferença dos protagonistas sobre as mesmas diferenças. É exatamente esta neutralidade que une os personagens. Se alguém acusou o filme de racismo, sabe lá…

intouchables-intocaveis-filmes-movie

No início do filme demorei para me acostumar com o personagem Driss (Omar Sy), um claro anti-herói. Arrogante, problemático, cafajeste, grosseiro. No entanto é necessário perceber que a personalidade indiferente e pedante de Driss é exatamente a personalidade de alguém transgressor e inadequado que poderia tirar Philippe (François Cluzet) de seus status quo, de sua vida aristocrata e igualmente sem graça e chata. Se você estranha a relação de Philippe e Driss, se você acha improvável, o preconceito, racismo e estereótipo estão na sua cabeça, capiche? Simples assim…

O filme é bom, mas fiquei com a sensação de que o roteiro passou superficialmente sobre a história, ainda assim é um bom filme. O destaque fica por conta do talentoso François Cluzet que ficou extremamente convincente no papel de um tetraplégico, consequência de um acidente de parapente.

Ficha Técnica

Título Original … Intouchables
Origem … França
Gênero … Comédia Dramática
Duração .. 112 min
Lançamento … 2011
Direção … Eric Toledano e Olivier Nakache
Roteiro … Eric Toledano e Olivier Nakache

Elenco

François Cluzet como Philippe
Omar Sy como Driss
Anne Le Ny como Yvonne
Audrey Fleurot como Magalie

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *