Meia Noite em Paris – Midnight in Paris

Não sei ao certo o que tanto me atrai na França, pode parecer um pouco óbvio gostar de Paris, mas algo me parece mais significativo que simples empatia aleatória. Estranho imaginar que em meus vinte e nove anos, estive muito longe da possibilidade de conhecer a cidade luz. Não sou um estudioso da cultura e vergonhosamente, apesar de amar música francesa, preciso admitir que só conheço Piaf.

Muitas pessoas não entendem a sistemática de Woody Allen, acredito que acham um tanto chato os longos diálogos que caracterizam seus filmes, talvez o que revele a dificuldade que encontramos em encontrar prazer na companhia de alguém, sem as distrações comuns dos dias atuais. Paradoxalmente não são diálogos extremamente rebuscados, são de fato diálogos sobre coisas simples do dia a dia, que em geral, pouco interessaria para alguém ensaiar sobre o tema.

Assistindo Meia Noite em Paris, tive uma súbita vontade de me alimentar de mais conhecimento, largar um pouco a futilidade e ignorância que a internet vem nos fadando e me dedicar a ler mais sobre história da arte, ler algum clássico da literatura ou ao menos ficar apenas pensando sobre coisas incomuns e necessariamente dispensáveis para a maioria das pessoas.

Le Film

Gil (Owen Wilson) idolatra os grandes escritores e sempre quis ser como eles. A vida no entando lhe transformou em roteirista de Hollywood, o que apesar de lhe ter rendido uma vida bastante confortável financeiramente, lhe causa grande frustração e um questionamento sobre sua capacidade como escritor. Gil vai a Paris ao lado de sua noiva, a bela Inez (Rachel McAdams), e dos pais dela, John (Kurt Fuller) e Helen (Mimi Kennedy).

Estar em Paris faz com que Gil volte a se questionar sobre os rumos de sua vida, desencadeando o velho sonho de se tornar um escritor reconhecido, inspiração que ele encontra em um acontecimento bastante improvável. Meia Noite em Paris fala desta sensação que algumas pessoas sentem sobre viverem na época errada.

Fiquei muito interessado em acompanhar a carreira da bela atriz Marion Cotillard que já participou de ótimos filmes como Peixe Grande e Suas Histórias Maravilhosas (Big Fish), Um Bom Ano (A Good Year), Piaf – Um Hino ao Amor (La Môme), Inimigos Públicos (Public Enemies), A Origem (Inception) e em 2012 estará em The Dark Knight Rises. Por instantes ela me lembra Mila Kunis.

Le Technique

título original .. Midnight in Paris
gênero .. Comédia Romântica
duração .. 100 min
lançamento .. 2011
estúdio .. Mediapro | Gravier | Antena 3
distribuidora .. Sony Pictures Classics
direção .. Woody Allen
roteiro .. Woody Allen
fotografia .. Darius Khondji
direção de arte .. Anne Seibel
figurino .. Sonia Grande
edição .. Alisa Lepselter

Le Cast

Owen Wilson .. (Gil)
Rachel McAdams .. (Inez)
Michael Sheen .. (Paul)
Kathy Bates .. (Gertrude Stein)
Marion Cotillard .. (Adriana)
Adrien Brody .. (Salvador Dali)
Kurt Fuller .. (John)
Mimi Kennedy .. (Helen)
Nina Arianda .. (Carol)
Carla Bruni .. (Guia do museu)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *