O Besouro Verde – Filme e Trilha Sonora

Ontem assisti Besouro Verde. Estou longe de ser considerado nerd e confesso que não fazia idéia da origem do personagem (não consigo dizer DA personagem, é esquisito). Eu achei que o filme era algum tipo de sátira a Homem-Aranha ou Lanterna Verde. Estava até preocupado em perder tempo vendo mais uma daquelas comédias sem graça tirando onda de filmes de super-heróis. Então vamos entender a sua origem.

A origem

Besouro Verde (The Green Hornet) é um herói criado por George W. Trendle e F. Striker em 1936 para um programa de rádio. Em 1940 virou HQ pela Helnit Comics e seis meses depois foi relançada pela Harvey Comics e também pela Dell Comics e chegou ao fim juntamente com a série de rádio em 1953. Em 1966 virou série de tv com a participação de Bruce Lee e foi relançado em HQ em 1967 pela Gold Key Comics com 3 edições. Em 1989 foi relançada pela Now Comics. Em 2009 a Dynamite Entertainment adquiriu a licença do personagem para histórias escritas.

Como imaginei equivocadamente, Besouro Verde na verdade não poderia ter sido inspirado em Homem-Aranha que foi criado 26 anos depois (1962) e nem mesmo em Lanterna Verde que foi criado em 1940. A maior inspiração vem mesmo do Sombra, da década de 30, também feito originalmente para rádio, tendo inclusive Orson Welles como interprete.

O Filme

Britt Reid é um bon vivant, herdeiro do milionário jornal ‘O Sentinela Diário’, comandado por seu pai, um homem aparentemente egoísta e ganancioso. Britt tem problemas de relacionamento com o pai e assim deseja ser tudo que ele não é. Sua vida começa a tomar outro rumo com a morte do seu pai e a responsabilidade de cuidar da empresa, função que ele desconhece completamente. É somente após perder seu pai e ver sua rotina afetada, que ele conhece Kato, um funcionário fiel que se diz mecânico, mas que é muito mais do que isso. Kato tem conhecimento em artes marciais (na verdade ele é um ninja) e tem um poder interessante, onde consegue ser mais rápido do que o próprio tempo, o que pode ser explicado como uma reação natural à situações de perigo. Além disso é um projetista/engenheiro incrível, capaz de construir coisas nunca antes pensadas. Armas, carros e até substâncias químicas, além de todo o tipo de ferramenta, capaz de fazer inveja à James Bond.

Após combaterem um assalto sem querer, Britt propõe a Kato que se unam para combater o crime. Porém ele quer ser um herói diferente, combatendo bandidos sem assumir a responsabilidade por crimes que não consegue atender, sem ser visto ora como mocinho e ora injustiçado como vilão, assim prefere deixar que todos pensem que no fundo, todas as suas ações pareçam resultados de guerra entre gangues e mafiosos. Britt parece não ter nada de especial, ficando grande parte da responsabilidade para Kato, apesar de ele não ter noção disso e achar que no fundo eles são uma dupla perfeita.

O filme é estrelado por Seth Rogen, aquele cara meio ogro, que você conheceu assistindo filmes como: ‘O Virgem de 40 anos’, ‘Ligeiramente Grávidos’, ‘Superbad’ e ‘Pagando Bem, que mal tem?’. No papel da mulher-gata que todo filme de super-herói tem, vem Cameron Diaz, o grande mafioso tem Christoph Waltz, como o impronunciável: Benjamin Chudnofsky. Ele é frio como todo mafioso, é perigoso como todo mafioso, mas segundo Danny Cristal Clear (James Franco), precisa mudar seu estilo de roupa e seu nome, que estão ‘fora de moda’. A crítica revela um lado cômico sobre a insegurança de Chudnofsky que para facilitar a pronúncia de seu nome e ser mais conhecido, resolve mudar seu nome para Bloodnofsky (o que não ajudou muito).

Besouro Verde tem uma visão muitas vezes realista sobre o que poderia ser um herói, ele utiliza cartões de visita para se ‘divulgar’, tem e-mail e tem uma grande preocupação com sua logo e com as roupas. Tudo isso mesclado com idéias fantásticas elaboradas por Kato, que seriam mais próximas de ficção científica do que filmes de super-heróis. De qualquer forma eles não possuem nenhum supermegaultra poder, a mulher bonita não se entrega aos braços do herói desajeitado e eles saem de muitas enrrascadas por pura sorte. Se você gostou de Kick Ass, certamente vai gostar de Besouro Verde.

Ficha Técnica

título original…The Green Hornet
gênero…Aventura
duração…119 min
ano de lançamento…2011
estúdio…Sony Pictures / Original Films
distribuidora…Columbia Pictures (EUA) | Sony Pictures (Brasil)
direção…Michel Gondry
roteiro…Evan Goldberg e Seth Rogen
Baseados nos personagens de Fran Striker e George W. Trendle
produção…Neal H. Moritz
música…James Newton Howard
fotografia…John Schwartzman
direção de arte…Chad S. Frey e Greg Papalia
figurino…Kym Barrett
edição…Sally Menke e Michael Tronick
efeitos especiais
CEG Media
CIS Hollywood
Luma Pictures

Elenco

Seth Rogen (Britt Reid / Besouro Verde)
Cameron Diaz (Lenore Case)
Christoph Waltz (Chudnofsky)
Edward Furlong (Tupper)
Tom Wilkinson (James Reid)
James Franco (Danny Crystal Cleer)

Trilha Sonora

O filme tem uma trilha sonora bem diversificada, com músicas muito legais. Para você ter uma idéia, você ouve de David Bowie a Johnny Cash. Do rock de Rolling Stones ao Jazz de Sam Cooke e ao gangster rap de Coolio, piração total. A trilha original, lançada em cd, só possui as músicas instrumentais, feitas originalmente para o filme. Então vou disponibilizar o que os americanos chamam de Soundtrack Unofficial, fazem parte do filme, mas não foram lançadas em cd.

  1. Coolio – Gangsta’s Paradise
  2. David Bowie – Heroes
  3. Digital Underground – The Humpty Dance
  4. Jay Chou – shuang jie gun (Nunchucks)
  5. Johnny Cash – I Hung My Head
  6. Sam Cooke – Twisting the Night Away
  7. The Greenhornes – Saying Goodbye
  8. The Rolling Stones – Live With Me
  9. The White Stripes – Blue Orchid
  10. The White Stripes – Red Death At 614
  11. Van Halen – Feel Your Love Tonight

Download cd completo

One Response to O Besouro Verde – Filme e Trilha Sonora
  1. Adrix66

    excelente trilha

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *