Onde estará Felipe Neto?

Se você não possui tv por assinatura em casa, deve estar se perguntando: Onde estará Felipe Neto? O garoto que ficou conhecido entre adolescentes na internet, publicou seu último vídeo em 08 de dezembro de 2010. Hoje, passado um mês após este vídeo (com rejeição recorde), o garoto parece ter desistido da internet. Em seu twitter, um novo vídeo deve sair em breve.

Para você ter uma idéia, seus primeiros quatro vídeos foram postados dias 20, 22, 24 e 28 de abril de 2010. Realidade bem diferente dos dias atuais. Novamente a expressão ‘cuspir no prato que comeu’ me veio a mente, não sei porquê.

Quando falei do Felipe Neto aquiaqui, aqui e aqui eu já imaginava em que direção iria seguir essa fama meteórica. Na verdade, um garoto como o Felipe Neto fazer sucesso na internet só demonstra a profundidade da alienação que estamos vivendo. Talvez todo mundo que tenha um blog, sonhe em vivenciar esse momento de fama nacional, ter milhões de acessos e ter a sensação de que milhares de pessoas estão prestando atenção no que você tem a dizer. Mas diante da tolice que faz sucesso na internet brasileira, diante dos assuntos que se tornam Trending Topics, começo a achar que um dia, blogueiros e vlogueiros serão iguais a ex-BBB’s, meio famosos e desprezados pela mídia.

A internet nunca foi tão monofásica. Ou você está falando sobre humor escrachado, ou ‘malhando o pau’ em alguém (como estou fazendo agora talvez), ou está avaliando quem tá malhando o pau em alguém. É como ligar para alguma pessoa e ficar avaliando que tipo de coisas se faz no telefone. Será que na internet, podemos falar de outras coisas que não seja a internet e seus usuários? Antes que você me critique, vou explicar para que você possa entender, como se você tivesse 6 anos de idade (se você nunca viu Philadelphia nunca vai entender a piada).

Existem milhares e milhares de blogs pelo país. Falando de todos os tipos de assuntos. Dos mais intelectuais aos mais irrelevantes. Tem para todos os gostos: musicais, humorísticos, moda feminina, politicos e segue o baile. Porque então, dar tanto espaço para tão poucas pessoas, que depois, criam uma espécie de patotinha, onde ninguém mais entra. É o clube vip da internet brasileira.

Você nunca viu? Parcerias entre Kibe Loco + Jacaré Banguela, Felipe Neto + Pc Siqueira, Brogui + Felipe Neto. Essa mesma patotinha dos famosos, acomete os humoristas de Stand Up e programas de humor na TV. O que as pessoas não entendem, é que tudo perde a graça quando este fatídico dia acontece. Você lembra do Repórter Vesgo e do Sílvio Santos, avacalhando com tudo que era celebridade? E por que eles não fazem mais nada disso?

Simples, porque viraram amigos das celebridades, são vips agora. Não dá para zuar ninguém. Agora ao invés de porta de festa, eles são convidados, estão lá dentro, aproveitando todo o conforto que o dinheiro pode pagar, dinheiro que você o ajudou a ter.

E assim, contaminados pelo impiedoso vírus da fama, todos vão perdendo a graça, um a um. Onde estão Mendigo e Quietinho? Os dois humoristas mais engraçados do Pânico, preferiram um contrato com mais zeros a direita e lá foram a caminho do anonimato. E nosso querido Freddie Mercury Prateado (Eduardo Sterblitch) que entrou no programa como quem não quer nada e salvou o Pânico do anonimato, também já segue por este caminho. Em breve não vai mais se submeter as mesmas situações vexaminosas, que antes ele topava numa boa.

Enquanto isso, você que se esforça para ter um blog com conteúdo legal, interessante, feito com dedicação e respeito, vai ficando pelo caminho. Com o tempo desiste e novamente iniciará o ciclo, com outros ‘humoristas’ anônimos, que se tornam celebridades, que se tornam vips, que se tornam sem graça (…) e nós ficaremos aqui, somente como espectador, enquanto eles brindam as vantagens de ser vip.

Quem sabe um dia…

Cheguei a uma conclusão, parafraseando Felipe Neto… Isso tudo, NÃO FAZ SENTIDO!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *