Decições Extremas

Ontem na locadora, passando pela prateleira de ‘Drama’ encontrei: Decisões Extremas. Claro que um filme com Harrison Ford é praticamente garantia de qualidade, mas confesso que Brendan Fraser em um drama, me deixou um pouco recioso. Mas por incrível que pareça, ele surpreende interpretando a história real de John Crowley.

Decisões Extremas conta a história real de coragem, superação e amor do casal John e Aileen Crowley, cujos dois de seus três filhos nasceram com a Síndrome de Pompe, uma doença degenerativa que danifica as células nervosas e musculares de todo o corpo.

O Filme

John (Brendan Fraser) conhece um excêntrico cientista, Dr. Robert Stonehill (Harrison Ford) que acredita ter criado uma substância capaz de combater os avanços da Síndrome de Pompe. É a partir desde momento que uma história repleta de reviravoltas acontece.

Acima de tudo, o filme mostra o mundo das pesquisas médicas e como elas são financiadas, onde ninguém está interessado em quantas pessoas sofrem de uma determinada doença e quantas irão morrer dela, é apenas negócio, a relação lucro vs investimento.

O filme mostra também a determinação de John em salvar seus filhos, o que o transformou em um dos mais bem sucedidos empresários americanos na área de biotecnologia. É exatamente nos confrontando com essa dura e cruel realidade que aprendemos com John e Dr. Stonehill que, muitas vezes, precisamos fingir ser parte do sistema, para nosso benefício. Uma lição de vida, de inteligência e de amor ao próximo.

Concordo com a avaliação do filme, Harrison Ford está em uma das suas melhores atuações. É realmente emocionante.

Ficha Técnica

Titulo Original: Extraordinary Measures
Gênero: Drama
Ano de Lançamento: 2010
Duração: 105min
Elenco:

  • Brendan Fraser
  • Harrison Ford
  • Keri Russel

Curiosidades

Por ser uma história real, o roteiro é uma adaptação baseada no livro de não ficção ‘A CURA Como um pai levantou $ 100 milhões – e contrariou o ‘Bucked the Medical Establishment‘ – em uma missão para salvar seus filhos‘ que recebeu o Prêmio Pulitzer, escrito pela jornalista Geeta Anand.

O Dr. Stonehill na verdade é um personagem fictício, que representa a equipe verdadeira, do pesquisador Yuan-Tsong Chen e seus colegas da Universidade Duke.

Hoje John Crowley tem 43 anos e é Presidente e CEO da Amicus Therapeutics. Seus filhos cuja a doença tinha uma expectativa de vida de no máximo oito anos, estão vivos graças aos tratamentos que ele liderou e que trouxeram uma nova expectativa de vida para crianças acometidas pela Síndrome de Pompe.

4 Responses to Decições Extremas
  1. Lu

    Filme muito comovente…há tempos não assistia um filme tão bom.
    Beijo

  2. Anna Luíza

    Realmente este filme é muito bom, emocionante e contagiante, depois que assisti, não parei de pensar nessas crianças e no desespero dos pais, o que me motiva mais e mais a aceitar como sou, pois poderia ter acontecido comigo, ou com qualquer pessoa, como você, o que não seria nada bom!

  3. SANDRA

    Excelente Film com um elenco que realmente passaram a mensagem de luta,valores familiares e humanos nos sensibilizando e nos fazendo pensar e reno pensar sobre nossos princípios e Valores e que realmente importa na Vida,além de prestar conhecimento sobre diversas doenças que desconhecemos e no drama e na luta de seus ente queridos e dos cientistas e associados para descoberta da Cura.

  4. Gislaine Giampaoli

    Amei.
    Maravilhoso. Estes artistas são maravilhosos. Amo eles.
    Beijos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *