Música Inédita – Pouca Vogal

Você já parou para analisar a idiotice e ineficácia desta mania de falar de coisas que não gostamos? Foi no Orkut que o ódio passou a se materializar  através de comunidades ‘Eu odeio…(alguma coisa)‘. Existiam mais comunidades de declaração de ódio que comunidades para reunir pessoas com gostos em comum. O que é no mínimo estranho, passou a ser a comprovação de que estamos utilizando a tecnologia para ‘emburrecer’, quando deveria ser o contrário. Nunca a informação esteve tão facilmente ao nosso alcance e de forma decepcionante, nós, brasileiros principalmente, estamos jogando essa oportunidade ralo abaixo.

Ao invés de escrever linhas e linhas sobre alguma piadinha repetitiva e sem graça sobre o Restart e seu Happy Rock, não é mais simples eu falar somente daquilo que eu curto? Se você colocar o nome do Restart no sistema de pesquisa e não achar nenhuma recomendação, fica óbvio que não sou fã, simples assim. E o inverso está longe de ser verdade, não odeio o Restart e não tenho nada para falar dos garotos coloridos, que agora nem estão mais tão coloridos assim. Tudo bem, no início do sucesso da piazada, talvez existia algo de legítimo em falar, fazer uma piadinha ou outra, mas já deu. Tudo que poderia ser dito já foi dito, não acham?

Se você tem mais de 15 anos e quer ouvir algo bacana, a dica é excelente. Ainda lembro do dia em que o produtor (na época), me ligou para dizer que Duca Leindecker e o Humberto Gessinger estavam pensando em um projeto juntos. Lembro de quando me ligou para dizer o nome, ainda em segredo: ‘Pouca Vogal’. Humberto fez história no rock nacional com os Engenheiros do Hawaii e Duca Leindecker é um dos talentos mais injustiçados do rock nacional, comandou por anos uma das melhores bandas do rock nacional, a Cidadão Quem.

Neste vídeo, eles tocam a canção ‘Música Inédita’, gravada no álbum ‘Cidadão Quem no Theatro São Pedro’. Era de fato a única música inédita do álbum de regravações em formato acústico. Nesta versão com o Pouca Vogal, resgataram o irmão do Duca, Luciano Leindecker, o talentoso baixista da Cidadão Quem, para tocar o seu instrumento ‘Quince’, que acredite, ele mesmo confeccionou. Talento puro em três músicos incríveis, para você que espera mais do rock.

Coloque sua vida no ritmo que a vida tem

Já que o Youtube bloqueou a publicação do vídeo por causa da música, consegui publicar ele no Vimeo.

Movimente-se from Jeff Skas on Vimeo.

Coloque sua vida em movimento

Como comentei no último post, um video que eu fiz para o Youtube acabou sendo bloqueado pois usei uma música da cantora Feist. Então resolvi liberar o download em formato ‘.mp4’. Se você tiver interesse, pode baixar e assistir no seu pc, mac, iphone ou ipad.

É um vídeo bobo, mas que tem alguma relevância para mim. O título mostra um pouco da sensação que eu tenho, quando fico horas em frente ao computador, trabalhando, completamente inerte, enquanto a vida continua em movimento constante. Eu gostaria que minha vida tivesse mais movimento.

Download do vídeo

A Censura do Youtube

Hoje editei um vídeo para publicar no Youtube e ele foi bloqueado por infração de direitos autorais. Sinceramente, não consigo que em um lugar como a internet, onde liberdade é palavra de ordem, existam gravadoras que ainda exijam do Youtube, o bloqueio de conteúdos de seus artistas. Já comprei inúmeros cds na internet, depois de ouvir uma música inserida em algum vídeo amador qualquer. O que dizer do caso da ‘Banda Mais Bonita da Cidade’, que ficou conhecida em todo país pelas inúmeras variações feitas com a canção? Tudo é promoção e só tem um grande beneficiário, o artista.

Pela lei brasileira, a infração do um direito autoral só se estabelece, quando se obtém lucro sem autorização e conhecimento do autor, somente nestes casos. Por exemplo: Fazer cópias de um cd que você comprou, não é pirataria e nem infração de direito autoral. Reproduzir um cd, uma música, não é ilegal. Ilegal é a comercialização desta reprodução.

Por isso que ao fazer um show de música, o organizador precisa pagar o ECAD, pois é uma execução pública que está obtendo lucro. Quando se trata de um evento sem fins lucrativos, acredito eu que o ECAD não cobra taxas além de algo básico e rotineiro.

Posso estar errado, mas na minha visão, este tipo de atitude é antiquada e ignorante, contrária ao fluxo que a sociedade caminha. Se você não quer disponibilizar algo na internet, ok, direito seu. Mas é muito chato ver meu video bloqueado e na lista ao lado, o clipe da canção disponibilizado pela gravadora ou um parceiro qualquer. Isso me soa como birra de criança egoísta que não quer emprestar a bola. Não quer dividir, então joga sozinho amigo…

Lembrando um detalhe, o Adsense do Youtube, que paga os vlogers pelos views de cada vídeo, só são repassados, caso o seu vídeo não tenha material de terceiros. O pior de tudo é que não existe uma lei preto e branco, oito ou oitenta. Cada vídeo tem um tipo de classificação, cada vídeo recebe um tipo de ‘punição’. Para vocês terem uma ideia, meu video foi bloqueado no mundo inteiro, exceto no Canadá, país onde a cantora Feist nasceu. Eles podem, nós não. Pode parecer bobagem, mas sinto cheiro de facismo no ar…

 

Amor sem escalas – O filme que o Oscar esqueceu

Amor Sem Escalas (Up in the Air) é uma comédia-drama dirigida por Jason Reitman, co-escrita com Sheldon Turner. O filme é um roteiro adaptado do romance de Walter Kim, lançado em 2001. Teve seis nomeações ao Oscar e não levou nenhuma estatueta, porém, de qualquer forma, é um dos grandes filmes que assisti em minha vida.

Protagonizado por um ator que aprendi a respeitar, George Clooney, Amor Sem Escalas conta a história de Ryan Bingham, o mais importante funcionário de uma empresa, contratada para gerir o que chamam de Layoff, um afastamento temporário de um grande número de funcionários de uma determinada empresa. Seu papel é garantir que essa situação seja menos desgastante para as empresas que o contratam. Sua principal característica, é convencer pessoas que acabaram de perder seus empregos, em resumo, de que ‘há males que vem para melhor’.

O trabalho de Ryan Bingham toma todo o tempo de sua vida, fazendo-o viver grande parte dela, dentro de aviões, atravessando todo o território americano. Ele definitivamente é o melhor no que faz e elaborou inúmeras teorias sobre a necessidade do desapego material e sentimental para convencer todos os tipos de pessoas. Em muitos momentos você pensará que é apenas uma forma pessoal para que ele justifique sua vida profissional de sucesso e seu completo fracasso na vida pessoal. Será mesmo?

Veja o trailer do filme, que apresenta uma das teorias de Ryan.

Trilha Sonora

A música tema do filme me apresentou o desconhecido artista Sad Brad Smith, indicado ao Oscar com ‘Help Yourself’. Além de:

  1. This Land Is Your Land – Sharon Jones & The Dap-Kings 4:27
  2. Security Ballet – Rolfe Kent 1:31
  3. Goin’ Home – Dan Auerbach 4:53
  4. Taken At All – Crosby, Stills & Nash 2:58
  5. Angel In the Snow – Elliott Smith 2:35
  6. Help Yourself – Sad Brad Smith 3:23
  7. Genova – Charles Atlas 7:37
  8. Lost In Detroit – Rolfe Kent 1:36
  9. Thank You Lord – Roy Buchanan 2:24
  10. Be Yourself (1971 Demo) – Graham Nash 2:59
  11. The Snow Before Us – Charles Atlas 3:12
  12. Up In the Air – Kevin Renick 5:29
  13. Bust a Move (Live Version) – Young M.C. 4:23
  14. Milwaukee – Rolfe Kent 1:54

Ficha Técnica

título original … Up in the Air
gênero … Comédia Dramática
duração … 109min
lançamento … 2009
estúdio … Paramount
direção … Jason Reitman
roteiro … Sheldon Turner e Jason Reitman
adaptação … Baseado no livro de Walter Kim
música … Rolfe Kent

Elenco

George Clooney … Ryan Bingham
Vera Farmiga … Alex Goran
Anna Kendrick … Natalie Keener
Jason Bateman … Craig Gregory
Zach Galifianakis … Steve

2 cats 1 ipad

Definitivamente, o Amarelo veio para este mundo de férias…

Previous Posts Next Posts