Birdy – Fire Within

Eu falei a primeira vez sobre a Birdy em 2011, quando encontrei misteriosamente um link do seu primeiro álbum, o qual não havia sido lançado oficialmente, ao menos não na iTunes. Me apaixonei nos primeiros 10 segundos da primeira canção e desde então está na minha do que ouço regularmente.

birdy-fire-within-deluxe-2013

Este ano, felizmente ela lançou seu segundo álbum, que não poderia ser ruim, após o debut de alto nível do disco homônimo, com regravações de outras bandas das quais sou mega fã: Bon Iver e The Nacional. O álbum foi anunciado em 10 de julho, quando um vídeo incluindo cenas dela em estúdio, trazia uma prévia de ‘Wings’ e ‘No Angel’. Assista abaixo:

Birdy – My New Album (From The Studio)

O primeiro clipe oficial do álbum foi publicado no dia 02 de agosto. Se trata da belíssima canção ‘Wings’. O clipe não ficou atrás da música, aliás, em clipes a Birdy é sempre impecável no que produz. Assista:

Birdy – Wings

O lançamento oficial no pré-order da iTunes foi 23 de setembro de 2013. Um detalhe muito importante. Todas as canções do álbum são de composições da própria Birdy. Apesar das belíssimas canções de trabalho, a música que mais curto do álbum é Maybe. Ainda mais se você bate palminhas no ritmo da canção. Experimente, pois é super divertido.

Playlist

  1. Wings – 4:12
  2. Heart of Gold – 3:34
  3. Light Me Up – 4:15
  4. Words As Weapons – 3:59
  5. All You Never Say – 4:38
  6. Strange Birds – 3:03
  7. Maybe – 3:14
  8. o Angel – 4:03
  9. All About You – 4:37
  10. Standing in the Way of Light – 4:04
  11. Shine – 4:04

Rap é Compromisso – Sabotage

‘Rap é Compromisso’ é o primeiro e único álbum de estúdio de Sabotage, rapper paulista assassinado em 2003. Em 2002 Sabotage lançou ainda uma Mixtape em 2002. Durante três anos compôs várias canções mas nunca revelou suas músicas a ninguém. Em 1988 começou enfim a se inscrever em concursos de rap. Em um dos eventos conheços outros expoentes do rap nacional: Mano Brown e Ice Blue, ambos do icônimo Racionais MC’s, que ficaram impressionados com sua performance. Naqueles tempos as apresentações não se preocupavam muito com a letra das canções, mas com o desempenho do rapper. Sabotage começou a destoar ao se apresentar com uma canção muito diferente do estilo padrão, chamada ‘Na City’.

Foi ao lado da familia RZO (Rapaziada Zona Oeste), que Sabotage viu seu trabalho repercutir na cena do rap nacional. ‘Rap é Compromisso’ foi gravado pelo selo ‘Cosa Nostra’, que também lançou o histórico álbum dos Racionais ‘Sobrevivendo ao Inferno’. As canções falam muito da experiência de Sabotage em sua conhecida vida pregressa no mundo do crime, desigualdades sociais, racismo e principalmente na busca e na fé de trilhar um novo caminho fora do crime.

Se você quiser conhecer mais sobre a vida deste grande nome do rap nacional, fiz um outro post com sua biografia: Seguindo sem pilantragem.

Playlist

  1. Introdução – 2:30
  2. Rap é Compromisso (pt. Negra Li) – 4:23
  3. Um Bom Lugar (pt. Black Alien) – 5:05
  4. No Brooklin (pt. Negra Li) – 5:47
  5. Cocaína (pt. Sombra e Bastardo) – 4:58
  6. Na Zona Sul – 5:15
  7. A Cultura (pt. Rappin’ Hood e Potencial 3) – 4:42
  8. Incentivando o Som – 3:56
  9. Respeito é Pra Quem Tem (pt. RZO) – 5:29
  10. País da Fome – 3:43
  11. Cantando Pro Santo (pt. Chorão) – 6:06

Sabotage é o autor de inúmeras expressões recorrentes no mundo do rap. ‘Respeito é pra quem tem’ , ‘Rap é compromisso, não é viagem’.

‘Vim pra sabotar o seu raciocínio’

Diretor de Arte e Parapente

Não sei se já comentei alguma vez aqui no Gelo Negro, mas sou diretor de arte há 14 anos. Não sou velho não, na verdade comecei cedo, com 15 anos na primeira agência. Eu tenho um estúdio onde trabalho sozinho, desenvolvendo criações para os mais variados clientes. Um destes clientes é a Associação Brasileira de Parapente, que atendo há dois anos. Após dois eventos que eu produzi junto com a direção da ABP, também fui convidado a assumir a direção de marketing da instituição. Hoje terminei o material de divulgação de um novo evento que a ABP realizará em setembro e queria compartilhar aqui.

Apesar de tudo, ainda não sou piloto de parapente. Mas a ABP é uma associação muito interessante, ela nasceu de pilotos brasileiros que buscavam maior segurança na prática do esporte, o que não era uma busca unânime dentro da associação existente. Em 16 anos de atuação, a associação nunca perdeu um piloto em acidente. Tudo graças ao trabalho que eles desenvolvem em todo o país. Acima de qualquer coisa, a ABP tem salvo a vida de inúmeros pilotos, é modelo para associações internacionais e transformou a realidade do esporte no Brasil.

Se você já pensou em praticar parapente, vale acessar o site da associação e conhecer tudo sobre este esporte fantástico.

www.abp.esp.br

Posters – A Invenção de Hugo Cabret

Read More…

Drive – Posters

Drive é um filme que realmente dá margem para a criação de um poster. Artistas gráficos ao redor do mundo criaram unofficial versions para o filme, você confere as que mais curti.

Abra o artigo para ver os outros posters:

Read More…

Não me abandone jamais – Never let me go

Não me abandone jamais é baseado no último romance do escritor japonês Kazuo Ishiguro. Apesar das ótimas referências que li sobre o filme, eu imagino que o livro seja de fato mais interessante.

Ruth (Keira Knightley), Tommy (Andrew Garfield) e Kathy (Carey Mulligan) crescem juntos em um internato repleto de disciplinas rígidas de alimentação e de manutenção de um crescimento saudável. Criados sem contato com o mundo exterior nesta misteriosa escola, os três sempre foram muito unidos. Durante a adolescência o clima de romance entre Ruth e Tommy passa a incomodar cada vez mais Kathy. Uma das professoras do internato, indignada com o destino destas crianças. resolve revelar que elas só foram criadas para servirem no futuro, de doadores obrigatórios de órgãos, o que levará todos a uma morte bastante precoce. Apesar da revelação, as crianças não parecem se incomodar com o fato, tento este realidade como a única possível.

A história nos convida a reavaliar tantas outras questões de nossas vidas, as quais poderiam parecer completamente absurdas, mas que aprendemos a aceitar desde sempre. Convenções do nosso mundo, que mesmo não parecendo a melhor escolha, continuamos a perpetuá-las sem grandes questionamentos. A quase ausência de sentimentos no entanto não me pareceram bem estabelecidades no filme, fica difícil entender o sentimento que envolvem este ‘triângulo amoroso’.

Posters

Talvez você se pergunte, porquê sempre coloco o cartaz original dos filmes, ao invés da versão brasileira. Acontece que os distribuidores nacionais realmente devem pensar que somos todos ignorantes. Nunca vemos materiais diferentes sendo divulgados por aqui. Para ilustrar o que eu digo, olhem essa sequencia de posters criados para o filme, onde cada um carrega parte do nome:

Ficha Técnica

Lançamento … 2011
Direção … Mark Romanek
Nacionalidade … Reino Unido/EUA
Gênero … Drama
Duração … 103 min

 

Next Posts