O tempo do tempo…

Sempre que passo por aqui, sinto uma leve decepção. Passo dias sem escrever e fico imaginando a frustração de alguém que se dá ao trabalho de abrir uma página de internet, digitar o endereço do Gelo Negro e simplesmente não encontrar nada de novo para ler.

Ao mesmo tempo, tento entender que este blog, apesar de possuir uma forma muito dinâmica de comunicação, está vinculado a velocidade dos meus sentimentos, das minhas vivências, que definitivamente caminham a passos mais lentos. Tudo aqui é de verdade, nunca publiquei algo apenas para preencher espaço, para manter a rotina, porque de fato a vida não funciona deste jeito. Existem dias que você resolve um milhão coisas, em outros mal consegue sair da cama. Tem dias que você acha tudo possível, mas existe aqueles momentos em que parece que a humanidade não tem mais jeito e você até gostaria que a profecia de 2012 se cumprisse finalmente.

Não sei se você também sente isso. Talvez seja apenas eu. Quem sabe eu sofra de algum tipo de bipolarismo, porém prefiro acreditar que minha euforia intercalada com meus momentos de reclusão, seja apenas minha capacidade de reação, diante de uma realidade que não se altera com frequência. Ainda não descobri qual o meu normal, ainda não sei como equalizar isso tudo. Confesso que a vida se torna mais estranha a cada dia e vivo uma realidade atualmente, onde tenho consciência de que não sou a melhor companhia.

Não quero transformar este espaço em um depósito de mágoas. Quero vir aqui para dizer que apesar de tudo, ainda existe uma saída. Sempre existe.

Minha relação com o tempo

Não sei se isso já aconteceu com você, mas comigo acontece com uma frequência maior do que eu gostaria. Eu sou designer e, volta e meia, acabo varando a noite trabalhando, o que deixe meu ‘relógio biológico’ em pânico. O pior que todo este esforço de passar horas em frente ao computador, nem é capaz de me dar um pouco de diversão, sem medo do amanhã, ou ainda alimentar poucos sonhos de consumo que alimento, como um som novo para ligar no pc e ouvir músicas em volume máximo, uma tv lcd/led grande e um blu-ray consequentemente, para assistir muitos filmes em HD e ainda um celular tão legal, que faça valer realmente a pena, a péssima experiência que é, carregar um aparelho celular todos os dias e ainda leva-lo para lá e para cá, sem contar o inconveniente das pessoas acharem que você deve estar disponível o tempo inteiro.

Na verdade, eu tenho uma certa dificuldade em levar coisas nos bolsos e nas mãos. Quando eu saía para uma balada, há muitos anos, eu levava uma identidade para provar a maioridade, sempre tive cara de babaca e moleque, além do dinheiro, no melhor estilo butequis negads, todo amassado. Talvez por isso nunca fiquei com uma garota patricinha, deveriam achar que eu era muito pobre, mais pobre do que  o pobre que eu realmente era.

Os dias ultimamente estão confusos para mim. Meu sono completamente virado, acordo em horários diferentes o tempo todo, o que deixa minha cabeça completamente confusa. Tenho dificuldade para me concentrar. Filmes nem pensar, para falar a verdade, nem vi tv, mal sei do noticiário da última semana. Passo grande parte do meu tempo na frente do meu pc, criando trabalhos para minha agência, o que tem feito com o passar dos anos, essa experiência um tanto quanto cansativa e desprazerosa.

Eu queria ter um tempo para ficar longe de tudo isso. Renovar o espírito, conseguir me concentrar, parar de me preocupar tanto com tudo, conseguir tirar a angústia do peito e poder pensar, em coisas que realmente são importantes, como ter um filho, casar, fazer algo importante, diferentemente interessante que mereça destaque, sem qualquer apelo cliché.

Eu queria vir aqui e falar coisas boas, trazer assuntos interessantes, fazer você achar que sou um cara legal e que levo uma vida super divertida. Não sei, eu precisa de alguém que quisesse me ouvir, que pudesse me entender, alguém que conseguisse tirar de mim esse sentimento de que tudo é tão difícil para mim, mas principalmente conseguir colocar em prática, a idéia de que eu não sou o único a passar por isso.

Nem tente entender, não vale o esforço. Quando eu conseguir esconder essas idéias, como sempre fiz, de maneira tão eficaz, ao longo dos meus 28 anos, eu volto, para falar de coisas ‘legais’.

Desculpa!

Infelizmente não consegui estar presente aqui no blog, na frequencia que eu havia prometido para mim. Queria que todas as pessoas pudessem acessar todos os dias o blog e ter algum conteúdo novo. Mas ao mesmo tempo, acompanhando os blogs famosos nacionalmente, vejo que muitas vezes, eles publicam qualquer coisa somente na intenção de manter seus acessos. Como meu critério sempre foi a qualidade e relevância do conteúdo, espero que todos que acessam o site entendam.

De qualquer forma, agradeço a presença de todos.

Contagem Regressiva

No domingo inicia um momento importante da minha vida profissional. Passagens compradas, hotel reservado e um sonho que esperou quase 14 anos para acontecer. Eu estou conseguindo controlar a ansiedade, talvez porque a ficha ainda não caiu.

Tem tantas coisas passando pela cabeça que fica difícil assimilar tudo. Organizar o pensamento. Queria poder fazer uma coisa de cada vez, com calma e tempo, mas infelizmente a correria e a realidade não permitem isso. Quem disse que dinheiro não traz felicidade, esqueceu de completar dizendo que traz ao menos tempo.

Com dinheiro tudo é muito mais simples. Você se submete a muito menos ofenças, você se submete a menos pressões, menos julgamentos, menos palpites. Basta decidir e fazer. É difícil controlar o medo do inesperado, do desconhecido. Mas é importante se sentir vivo, vendo a vida seguir em frente…

Charlie Brown Jr. – Altas Horas

Estava assistindo Altas Horas com participação do Charlie Brown, e o Serginho pediu para eles tocarem uma música que eles ouviram na infância, resolveram tocas Baader Meinhof Blues, da Legião Urbana.

Deram um show de qualidade musical, deixaram a música mais intensa e mais rápida, os guris tocam muito.

Números…

numeros

Você pode ajudar a mudar estes números para algo mais positivo. Follow Me: @gelonegro

Previous Posts Next Posts